Saúde com suco de maracujá: uma planta com fruto delicioso, flores lindas e fácil de cultivar

O maracujá é uma planta tropical com flores lindas e de formato exótico. A Passiflora edulis*, conhecida como maracujá, possui mais de 20 espécies nativas cultivadas e silvestres do sul ao norte do Brasil. O suco da polpa da fruta é muito saudável pois é rico em vitamina C, que é um antioxidante, vitamina A, B, sais minerais, flavonóides, entre outros compostos benéficos.  O poder antioxidante destas vitaminas combinadas melhoram o funcionamento do organismo. Podemos comer a polpa do fruto do maracujá como também fazer sucos, molhos e diversas delícias. E o melhor,  o maracujá é fácil de cultivar.

Flor do maracujá, planta trepadeira
Flor do maracujá, planta trepadeira – Foto: Pixabay
passion-fruit - fruto maracujá
Fruto maracujá maduro – foto: Pixabay

O fruto e as folhas da planta

Possuem propriedades nutritivas e medicinais e são usados por seus efeitos calmantes e sedativos. O maracujá pode ser plantado através das sementes do fruto ou com mudas. A multiplicação com sementes é muito simples, basta enterrar a 1, 5 cm e a planta cresce sem muitos cuidados. Veja como plantar.

passion-fruit - furto maracujá
Fruto maracujá aberto, cheio de sementes com a polpa na volta. Foto: Pixabay
maracujá vermelho - fotos : Pixabay
Maracujá vermelho – fotos : Pixabay

O maracujá é uma planta trepadeira muito resistente e precisa de um suporte para se desenvolver. Isto é bem importante: ele deve ter uma estrutura para ir se agarrando e crescendo. Gosta de sol e deve ser regada de 3 a 4 dias (se não chover).  A polonização das flores ocorre através de insetos polinizadores como abelha e  vespas. Os beija -flores também ajudam a polinizar as flores.

passion-fruit- maracujá
Gavinhas da planta do maracujá usadas para a planta se agarrar ao suporte. Foto: Pixabay

 

Existem diversas espécies de maracujá, com flores de diferentes tamanhos e cores. Algumas com flores vermelhas bastante atrativas para os polinizadores.

 

*Frutas brasileiras e exóticas cultivadas, Harri Lorenzi et al. São Paulo. Instituto Plantarum de Estudos da Flora,2006.

2 ideias sobre “Saúde com suco de maracujá: uma planta com fruto delicioso, flores lindas e fácil de cultivar”

  1. Tenho um pé de maracujá que cresceu lá em casa com um ano de idade, ele floresceu muito este ano só que não segurava os frutos. Eu acho que havia polinização suficiente, pois via algumas mamangavas voando por lá, e eu mesmo ajudava a polinizar manualmente as flores, só que produziu só três frutos. O que vocês acham que pode estar acontecendo?

  2. Boa tarde Dilnei,

    Os frutos do maracujá podem cair antes de amadurecer por diversos motivos:

    1. Chuvas intensas prejudicam porque favorecem a incidência de doenças, além de dificultarem a polinização e o desenvolvimento do pólen. A atividade dos insetos polinizadores é também reduzida e o grão de pólen pode estourar em contato com a umidade. O vento e a chuva forte também causa queda dos frutos.Plante em local protegido de ventos.

    2. Para ver se tem algum problema de polinização ou presença de pragas: Pegue um fruto que caiu e abra. Se ele estiver vazio, é falta de polinização. Então deve-se fazer o cruzamento manual entre flores de plantas diferentes. Caso a polinização esteja sendo adequadamente realizada, o fruto apresentará sementes em seu interior. Se as sementes estiverem inteiras e brancas, sem sinais de ataque de insetos, então o fruto foi picado por percevejos quando estava ainda em formação. Esses insetos sugam os botões e os frutinhos novos, que murcham, permanecem na planta por algum tempo e depois caem. Ao se abrir um fruto murcho caído ao solo, outra possibilidade é encontrar sementes roídas, atacadas por lagartinhas de coloração creme, que podem ser facilmente visualizadas no interior do fruto. Neste caso, as sementes estarão despedaçadas ou já terão sido completamente comidas, é possível visualizar restos de fezes das larvas que o atacaram. O fruto estará podre por dentro. Trata-se de ataque de moscas-das-frutas, que devem ser combatidas em início de infestação por catação manual e enterrio de frutos murchos caídos ao solo, para evitar reinfestação.

    3. Fertilidade do solo: Verifique se o solo onde plantaste o pé de maracujá está com terra fértil, adubada para que a planta consiga completar o ciclo de produção do fruto.
    Qualquer dúvida, entre em contato, Boa sorte!

    Equipe Blog Jardim de Helena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *