Veja a colheita de laranjas nas ruas de Sevilha

Nas ruas da cidade Sevilha, na Espanha, são cultivadas árvores de laranja-azeda. A prefeitura colhe os frutos nesta época do ano e vende para uma fábrica local fazer geléia de laranja-azeda.  As flores das laranjeiras são perfumadas e chegam a florescer duas vezes por ano, deixando um aroma maravilhoso na cidade.  Que ideia inspiradora para  nossas ruas, praças e parques!   💡    🙂

Árvore de laranja azeda na rua em Sevilha  foto Dora Schanzer
Árvores de laranja-azeda na rua em Sevilha foto: Dora Schanzer

As árvores de laranja-azeda, Citrus aurantium, são plantadas nas calçadas, praças  parques e ruas de Sevilha. As flores são muito perfumadas e usadas em perfumaria, na época da floração o aroma é enebriante. Os frutos da laranjeira azeda são usados na preparação de doces, geleias e para extração de óleo.

colheita de laranja nas ruas de Sevilha  foto: Dora Schanzer
Colheita de laranja nas ruas de Sevilha foto: Dora Schanzer

Existe uma grande polemica na Espanha em relação ao consumo destas laranjas cultivadas nas ruas poluídas. Na geléia elaborada usando a casca destas laranjas, tal casca  fica exposta  absorvendo todos os gases e produtos tóxicos derivados da poluição urbana, como o chumbo e os metais pesados das emissões dos veículos.

Ruas com árvores de laranjas amargas em Sevilha  foto Dora Schanzer
Ruas com árvores de laranjas amargas em Sevilha foto: Dora Schanzer

A geléia é um produto do sul da Espanha e é exportada. A melhor embaixadora deste produto é a Rainha da Inglaterra, Isabel II, ou Elizabeth II, que no café da manhã somente come esta geléia. A matéria prima se encontra em Sevilha, con 20.000.000 quilos/ano, seguida por outras cidades espanholas, até atingir 24.000 toneladas.

Colheita de laranjas-azedas nas ruas de Sevilha  foto Dora Schanzer
Colheita de laranjas-azedas nas ruas de Sevilha foto Dora Schanzer

Dica para fazer a Geléia de laranja-azeda não ficar amarga:

1. Tirar toda a parte branca da casca da fruta e descartar;

2. Deixar as sementes de molho, depois retirar a película e usá-la para engrossar a geléia.

As árvores de laranja-azeda, plantadas nas calçadas foto: Dora Schanzer
As árvores de laranja-azeda, plantadas nas calçadas foto: Dora Schanzer

Atualizo o post com comentário de um leitor que segue o blog, que perguntou como é a legislação da cidade de Porto Alegre em relação ao plantio de árvores exóticas como as laranjeiras nas ruas. Pesquisei no Plano de arborização urbana de Porto Alegre e vejam o que diz:

Art. 7º- Quanto a melhoria da qualidade de vida e equilíbrio ambiental: I – utilizar predominantemente espécies nativas regionais em projetos de arborização de ruas, avenidas e de terrenos privados, respeitando o percentual mínimo de 70 % de espécies nativas, com vistas a promover a biodiversidade, vedado o plantio de espécies exóticas invasoras.

Então, se pode plantar laranjeiras nas nossa ruas! Mas lembre-se sempre de plantar as nossas frutíferas nativas como o araça-vermelho e a pitangueira que são frutas deliciosas e atraem a avifauna silvestre!

Veja:  como plantar frutíferas em vasos

Saiba: como a flor da laranjeira se transforma em fruto

Jaboticabeira é uma fruta deliciosa!

Floresta de bolso: saiba o que é!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *