Arquivo da categoria: Plantas

Tudo sobre plantas, árvores, arbustos, trepadeiras, orquídeas, hortaliças, temperos, plantas nativas, perfumadas, frutíferas

5 dicas para turbinar as plantas do jardim

Vou dar 5 dicas de expert para cultivar as plantas:

1. A planta cresce e o tamanho do vaso deve acompanhar o crescimento:

O espaço que a planta ocupa acima do solo é praticamente o mesmo que as raízes ocupam abaixo da terra. Tenha isto em mente quando for comprar um vaso para sua planta. Quando a planta estiver com a copa dela bem cheia e  voce observar que ela começa a perder um pouco o vigor e a vitalidade é o momento de oferecer mais espaço para as raízes se desenvolverem e também de renovar o solo com nutrientes: troque a planta para um vaso maior com terra nova.

parsley-5766_1280
Raízes crescem proporcionalmente à parte aérea da planta foto: Pixabay

2. As plantas costumam crescer verticalmente, então quando queremos que elas “encham” e cresçam no sentido lateral, temos que podar alguns centímetros as pontas dos galhos. Isto faz com que ela se bifurque e rebrote mais. Veja na foto:

poda
rebrotes laterais

3.  Ao plantar, aperte a muda contra a terra para dar o máximo de aderência das raízes ao solo. Não deve ficar espaço de ar entre as raízes da planta e a terra porque isto causa o ressecamento da raíz e dificulta o pegamento da muda nova. Esta dica é muito importante! Em mudas de hortícolas esta dica é fundamental.

aperte a muda
aperte a muda

4. A camada de drenagem do vaso é muito importante porque a água da rega em excesso deve escoar perfeitamente para não causar o apodrecimento das raízes. Use galhos e folhas secas para fazer a camada de drenagem do vaso.

Drenagem do vaso com galho e folhas secas foto: Helena Schanzer

5. Na composteira: se aparecerem bichos e insetos indesejáveis, tente alterar o PH  da pilha do composto adicionando um pouco de calcário. Isto altera a população de microrganismos e diminui o cheiro de decomposição. Mantenha a composteira com tampa ou alguma cobertura para evitar que as moscas se multipliquem ali.

calcario
Calcário

Veja como plantar

Porque as plantas são importantes

 

 

Conheça a paineira, flor rosa que colore a paisagem outonal

A paisagem da cidade está com colorida com as flores cor-de-rosa das árvores conhecidas como Paineiras. Esta árvore é nativa do Brasil. São de porte grande, atingem entre 15 a 30 metros quando adultas e as raízes podem destruir o piso. O tronco é coberto  de espinhos. Após a exuberante floração destas árvores, os frutos se desenvolvem e ao amadurerecem se abrem e soltam”painas” que parece um algodão.

árvore paineira
árvore paineira

É um árvore decidua (perde as folhas no inverno) cujo nome científico é Chorisia speciosa. Adequada para plantar em parques, praças e onde tenha bastante espaço para o seu desenvolvimento.

pink-flowers-1045938_1280
Flor da Paineira foto: Pixabay
paineira-flowering-503361_1920
Paineira em flor, veja o porte grande foto: Pixabay
flower-676126_1920
Flo da paineira foto: Pixabay

Como escolher uma árvore para plantar

Árvores de pequeno porte para plantar na calçada

Porque as árvores são importantes

Veja um jardim vertical lindo!

Bancos confortáveis para jardins

 

Pitanga-anã: um arbusto nativo para plantar em espaços pequenos

A Eugenia matossi, popularmente chamada de pitanga-anã, é um arbusto pequeno nativo de SC e RS que floresce 2 vezes por ano e dá um frutinho vermelho. O frutinho não é tão saboroso como a pitanga da árvore pitangueira, mas é muito ornamental, comestível e resistente.  Atinge 0,40 a 1,00 metro e aceita podas suaves. Gosta de locais ensolarados e tolera clima frio.

Flor da pitanga-anã    Foto: Helena Schanzer
Flor e fruto da pitanga-anã Foto: Helena Schanzer

A brotação das folhas novas é avermelhada o que dá um colorido à planta.

Myrtus comunnis flor e fruto
Flor da pitanga-anã Foto: Helena Schanzer

A pitanga-anã pode ser cultivada em vasos e no solo direto, com terra rica em composto organico.

DSC09042
Flor da pitanga-anã Foto: Helena Schanzer

Esta espécie é muito usada para fazer bonsai.

Myrtus comunnis - pitanga anã
Maciço de pitanga-anã Foto: Helena Schanzer
pit ana 2
pitanga-anã com 5 anos Foto: Helena Schanzer

 

Veja como cultivar  a pitangueira AQUI

 

 

Dicas de ferramentas básicas para cuidar do jardim

Para cuidar das plantas do jardim são necessárias algumas ferramentas. Selecionei algumas que são imprescindíveis para voce ter em casa:

1. Tesoura para podar galhos – Dicas!!!

Ferramenta específica para cortar galhos, importante que esteja sempre afiada para não “mastigar ” o galho ao invés de cortar. É importante podar sempre os galhos secos e mortos para renovar a planta. O ponto que se corta o caule ou o galho da planta é quase rente ao tronco/caule para que a cicatrização do tecido seja ok. Sabia que ao podar um galho acontece um fenômeno bioquímico na planta? Existe uma enzima que estimula o crescimento apical, para cima, do caule. Ao podarmos o caule/galho, esta enzima é inibida e outra enzima específica do crescimento lateral é estimulada e a planta rebrota nestes pontos. Observe na gemas de brotação do galho, como ele se bifurfa ao cortarmos.

Tesoura de poda Foto Tramotina divulgação

2. Pazinha de jardineiro – estreita e larga

A pá estreita serve para plantas menores e vasos pequenos. A pá mais larga serve para plantar mudas maiores e fazer buracos para plantar na terra.

Foto Tramotina divulgação-pazinha-estreita-com-cabo
Pazinha de jardim estreita Foto: Tramontina divulgação

Veja outros tipos de pás de jardinagem AQUI

Foto Tramotina divulgação-pazinha-larga-com-cabo
Pazinha de jardim larga Foto: Tramontina divulgação

 3. Tesoura de poda ou Podão

Usado para cortar galhos maiores ou dar formato para arbustos e maciços de plantas.

78330105PDM001B-tesoura-para-cerca-viva

 

 

4. Regador para plantas

O regador é útil para molhar vasos e plantas que precisam de um cuidado a mais com a água.  Importante o tipo de bocal: o bom para a plantas é que a água jorre delicadamente para ser lentamente absorvida pela terra. Um regador com design bacana é decorativo!

regador   pixabay
Regador pode ser decorativo foto: Pixabay

5. Mangueira para irrigação

A mangueira deve ser bem flexível e ter o comprimento adequado para que se molhe todo o jardim.

foto pixabay mangueira
mangueira Foto: Pixabay

Saiba por onde começar a fazer o seu jardim AQUI

Veja como fazer uma horta em casa

Sabia que existem vários tipos de manjericão?

Na horta experimental da Isla Sementes são cultivadas  diversas variedades de manjericão usadas na gastronomia. Você também pode cultivar todos os tipos de manjericão em casa, inclusive em vasos e floreiras. O básico para o manjericão crescer é receber sol. Cada uma das variedade de manjericão agrega um sabor peculiar na comida e na salada.

cultivo de manjericão
Cultivo de manjericão Foto: Helena Schanzer

Existem sementes de 7 variedades de manjericão (Ocimum basilicum): Limoncino, Grecco a palla, alafavaca basilicão, alfavaca basilicão vermelho, manjericão toscano folha-de-alface ( porque a folha é grande), Gennaro de menta e o alfavaca vermelho rubi.  A diferença entre os sabores de cada espécie, acredite, são grandes!  O manjericão Limoncino tem aroma de limão, a alfavaca rubi tem um sabor exótico que não dá para explicar, o outro manjericão tem um toque de menta.

manjericão   alfavaca rubi
Cultivo de manjericão alfavaca rubi Foto: Helena Schanzer

Reparem no uso de mulching ou cobertura morta para proteção entre os canteiros e o uso de plasticultura nos canteiros, tudo isto para evitar o crescimento do inço e melhorar a proteção e drenagem do solo.

Para saber como cultivar manjericão veja este link AQUI

manjericão genaro
Cultivo de manjericão Limoncino   Foto: Helena Schanzer

As sementes de manjericão da Isla são livres de agrotóxicos e as folhas podem ser usadas como Baby leaf ( folhas jovens). A planta do manjericão atinge entre 20 e 50 cm de altura conforme a variedade.

manjericão roxo
Cultivo de manjericão roxo , ou alfavaca basilicão vermelho Foto: Helena Schanzer
chefs e o uso dos manjericões
Chefs e o uso do manjericão    Foto: Helena Schanzer

O manjericão roxo tem um sabor sensacional e  provoca uma explosão de sabores quando combinando com as hortaliças certas como por exemplo, o tomate. Variedades de tomate adocicadas ficam ainda mais saborosas.

Como usar o manjericão na culinária:

1. Use-o ao natural ( fresco) em saladas, vinagretes, molho-pesto, licores, doces e sucos.

2. Prepare sorvete de manjericão ( super exótico) adicionando uma xícara de folhas de manjericão fresco em um litro de sorvete de creme. Bata no liquidificador o sorvete de creme com o manjericão e coloque no congelador até gelar.

3. Use o manjericão cozido ao adicioná-lo nos molhos de tomate, pizzas, ensopados e outras receitas.

 

Flor exótica atrai beija-flores para o jardim

Esta semana visitei  a PUCRS e contemplei os jardins e áreas verdes . A flor que mais me chamou a atenção foi o gengibre-vermelho, Hedychium coccineum em um jardim criado pela arquiteta Eliane Salvi do DEA/ Departamento de Engenharia e Arquitetura da PUCRS.  Registrei para mostrar para vocês!

Gengibre-vermelho
Jardim do DEA – Gengibre-vermelho foto: Helena Schanzer

Esta herbácea  originária do Himalaia e da India atinge 1,5 m a 2,00 metros de altura.   As inflorescências são compostas por inúmeras flores cor-de-laranja e atraem muitos beija-flores.  Deve ser cultivada ao sol, com solo rico em humus e mantido úmido. Gosta de temperaturas amenas e tolera as baixas temperaturas. No inverno perde a folhagem, rebrotando na primavera e florescendo no verão.

flor do gengibre vermelho
flor do gengibre vermelho

Da mesma família botânica do Gengibre e da Curcuma usados na culinária e medicina, esta planta se multiplica usando-se parte do tubérculo. Veja AQUI

 

Saiba Porque o contato com a natureza faz bem para a saúde

Veja plantas floríferas adaptadas ao litoral

Veja o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook/Instagram/Twitter

Conheça árvores para plantar na calçada

Para escolher uma espécie de árvore para plantar na calçada devemos considerar diversos fatores.  A escolha da espécie deve começar pela análise da situação que temos. Dê preferencia para espécies de árvores nativas para que atraiam a avifauna local. Quando voce atrai a avifauna da região, voce incrementa a biodiversidade.

tibouchina-granulosa - -foto Pixabay
Quaresmeira – Tibouchina  sellowiana    foto Pixabay

A escolha da espécie é importantíssima! Uma árvore dura muitas décadas, então decida com calma.  Existem árvores que possuem sistema radicular agressivo, que entopem canos e levantam o piso da calçada. Plantar uma árvore inadequada pode trazer muita incomodação.

flower-100580_1920
Árvore nativa Pata-de-vaca – Bauhinia candicans   foto: Pixabay

Responda as perguntas: qual a largura da calçada? Qual a situação solar? Qual é o tipo de rua: movimentada ou calma? É dentro de um condomínio ou fica numa rua ou avenida? Informe-se na secretaria de obras ou do meio ambiente do município, o que diz a legislação em relação a distancia de boca-de-lobo e acessos de garagem. Outra questão importantíssima: tem rede elétrica aérea na calçada ou não? E a tubulação, por onde passa? Esta é a parte burocrática da escolha da árvore. A outra parte é que tipo de árvore voce gostaria? Quer ter sol ou sombra na calçada? Quer ter frutos comestíveis ou flores?

Seguem opções de árvores interessantes para calçadas :

Árvores de pequeno porte (adultas atingem até 6 metros ) e podem ser plantadas em calçadas com rede elétrica aérea:

Pitangueira – Eugenia uniflora – árvore frutífera nativa, fruto apreciado pela avifauna e pelas pessoas.

pitanga--foto Pixabay
pitanga–foto Pixabay

Quaresmeira – Tibouchina sellowiana – árvore nativa com floração exuberante, tolera climas frios. A espécie Tibouchina mutabillis , quaresmeira-serrana, se adapta bem na serra e a temperaturas baixas ( geada). A floração é rosa e branca simultaneamente.

quaresmeira-836873_1280

Araça – Psidium catleianum – árvore frutífera nativa, fruto apreciado pela avifauna e pelas pessoas. O araçá vermelho tem o fruto mais saboroso.

Araça vermelho   foto: Pixabay
Araça vermelho foto: Pixabay

Estremosa – Lagestroemia indica. Árvore exótica, floração rosa ou branca na primavera/verão. No outono as folhas adquirem coloração amarelo/dourada até caírem, rebrotando na primavera. Floração  linda!

lagerstroemia-indica-foto Pixabay
Estremosa – Lagestroemia indica-foto Pixabay

Jasmim-manacá – Brunfelsia uniflora – Arbusto ou arvoreta nativa, a floração é roxa e branca simultaneamente e o perfume é incrível. Folhas perenes.

Brunfelsia uniflora
Brunfelsia uniflora- Jasmim-manacá foto Pixabay

O ipe-amarelo ( Tabebuia chrisothrycha) é uma árvore nativa e possui floração espetacular de cor amarelo-ouro. No inverno perde as folhas, o que é bom para climas frios porque permite a passagem do sol.  Tem o ipe-roxo ( Tabebuia avellanadae)  cuja floração é na realidade cor-de-rosa. Também tem ipe -branco e ipe com flor cor rosa claro.

ipe amarelo  -foto Pixabay
ipe amarelo -foto Pixabay
yellow-ipe--foto Pixabay
Flores do ipe amarelo foto:Pixabay
-foto Pixabay
Ipe- roxo foto Helena Schanzer
Árvore nativa Pata-de-vaca - Bauhinia candicans foto: Pixabay
Árvore nativa Pata-de-vaca – Bauhinia candicans foto: Pixabay

Chuva-de-ouro – Cassia multijuga  – árvore com floração em forma de cachos pendentes. Veja onde plantar porque a copa é bem cheia. Por exemplo, se for em uma calçada onde se estaciona o carro, fica dificil sair do carro com esta árvore do lado.

Chuva-de-ouro  -foto Pixabay
Chuva-de-ouro -foto Pixabay

Veja árvores com flores perfumadas

Quando a arborização é inútil

Porque plantar árvores é importante

 

Prepare água aromatizada para se hidratar no calor

No calor é super refrescante e hidratante beber água gelada aromatizada.  Voce pode preparar em casa com as folhas de temperos plantados em vasos e no jardim. Dá para fazer água com aroma de hortelã, manjericão, limão, laranja e alecrim. O aroma e sabor variam conforme as frutas e folhas que são adicionadas a água.

Água aromatizada com hortelã ou alecrim:

Para um litro de água mineral ou filtrada, coloque 3 ramos de folhas de hortelã colhida do jardim ( lave antes). Coloque gelo e deixe na geladeira por umas 3 horas antes de servir. Acrescente mais folhas de hortelã se desejar um sabor mais acentuado. Dá para usar ramos de alecrim para aromatizar a água.

water-1487304_1280
Agua aromatizada    foto: Pixabay

 

Água aromatizada com limão ou laranja:

Coloque em 1 litro de água, 5 fatias cortadas bem finas de laranja ou de limão. Descanse por 3 horas antes de servir co cubos de gelo.

orange-164985_1280
Água aromatizada com lascas de laranja fica super refrescante – foto: Pixabay

 

Sugestões:

1. Misture as 2 receitas acima, fica muito refrescante.

2.  Coloque um ramo de canela,  não deixe muito tempo porque o sabor fica forte demais.

3.   Nada de colocar açúcar nem adoçante!  É para ser caloria zero!!!

 

 

Conheça plantas bíblicas usadas até hoje nas festas

Existem plantas que fazem parte da história do homem.  Com a proximidade das festas de final de ano, pesquisei plantas que remontam dos tempos da Biblia e seu cultivo acompanha a trajetória do ser humano.  São plantas comestíveis muito usadas em festas e celebrações. Diversas plantas nativas do Oriente, são encontradas hoje em Israel e estão mencionadas em diversos textos bíblicos do antigo testamento*. A romã com suas múltiplas sementes (613 grãos) significa prosperidade e abundância.

pomegranate-185456_1280
Romã  Foto: Pixabay

São aproximadamente 100 plantas mencionadas na Torá e cerca de 400 nos outros livros sagrados judaicos citados em diferentes contextos. São referidas em rituais sagrados, em situações cotidianas e para uso medicinal. Destas, destacam-se  7 plantas bíblicas que são: trigo, cevada, uva, figo, oliveira, romã e tamara. Todas fazem parte da paisagem de Israel e desempenham uma papel especial na tradição judaica. Estes alimentos eram os elementos básicos da alimentação na Antiguidade.

vine-1682105_1920
Uva e vinho – videira  Foto: Pixabay

Toda festa e celebração tem quer ter vinho ou outro derivado da uva!  As videiras são a primeira planta mencionada na Torá.

olives-287687_1280
Oliveira, óleo de oliva e ramos símbolo da paz foto: Pixabay

A oliveira* é uma das mais antigas e valiosas  árvores do Oriente médio tanto pelo fruto quanto pelo óleo e madeira. Árvore milenar, em Israel é proibido cortá-las.

date-palms-532634_1920
Tamareira Foto: Pixabay

Desejos de uma vida doce se celebra com os frutos adocicados da tamareira, as tamaras.

dates-1067265_640
Tamaras Foto: Pixabay
fig-tree-1658686_1920
Figo Foto: Pixabay

O trigo e milagre da multiplicação dos grãos, farinha é um alimento abundante para todos.

wheat-797086_1920
Trigo, sempre presente nos pães e bolos foto: Pixabay

É interessante observar que todas estas plantas continuam fundamentais na nossa dieta hoje em dia.

Fonte: *Revista Morashá, setembro, 2016

Saiba mais sobre as oliveiras e seu cultivo

Como escolher a espécie de árvore para plantar?

Horta em casa: ideias

 

Jardim na praia: conheça plantas floridas adaptadas ao litoral

Chegou a temporada de veraneio!  Para deixar o jardim pronto para desfrutar os dias de calor e sol, veja espécies de plantas que se desenvolvem bem no nosso litoral. Elas resistem a  maresia e ao vento e  florescem nos meses de verão. Plantas das espécies: Agapantos, bulbine, Bela-Emília, hibiscos, bouganvilea e gerânio são escolhas certas que garantem flores no jardim da praia.

agapantus foto helena
Agapanthus africanus – agapantus  e Bulbine  ( flor amarela ao  fundo),  jardim e foto by Helena Schanzer

 Veja jardim em casa de praia com plantas resistentes

Plumbago campensis
Plumbago campensis – Bela Emília foto Pixabay

 Os hibiscos  se desenvolvem bem no litoral. São arbustos que plantados em conjunto formam lindas cercas-vivas de até 3 metros de altura.

hibiscos
Hibiscos – Mimo-de-venus
hibiscos
Hibiscos – Mimo-de-venus
flower-234541_1280
hibiscos

 

flores de bouganvilea
Bouganvilea – trepadeira florifera
geranios em vasos
geranios em vasos

 Veja também:

Plantar em vasos ou floreiras?

Lavandas tem perfume incrível