Arquivo da categoria: Plantas

Tudo sobre plantas, árvores, arbustos, trepadeiras, orquídeas, hortaliças, temperos, plantas nativas, perfumadas, frutíferas

Manjericão: plante e use no molho pesto, veja receita

Tempero versátil e muito usado na culinária, o manjericão (Ocimum basilicum) pode ser plantado em vasos, floreiras e no jardim – no solo.  Existem pelo menos 5 variedades diferentes de manjericão*, cada uma delas com um sabor peculiar e diferente: manjericão-roxo, manjericão Limoncino (com aroma de limão), manjericão “Grecco a Palla”, alfavacão, alfavaca vermlho rubi e manjericão “Gennaro de menta”.

Planta do Manjericão roxo
Planta do Manjericão roxo foto: Pixabay

Para cultivar o manjericão é necessário sol pelo menos 6 horas por dia. Ele gosta de solo rico em composto orgânico e bem drenado, mantido úmido. A planta adulta chega a 50 cm de altura. O manjericão pode ser plantado através de sementes, mudas e estaca (galho) da planta.

bee-1670038_1280
manjericão comum

Para ter o manjericão sempre exuberante, colha os ramos para que venham novas brotações. Para que dure mais, corte a floração. Ao fazer a poda, os ramos podem virar um lindo arranjo floral  e voce vai utilizando para fazer o seu molho pesto.

manjericão recém colhido
Manjericão em arranjo floral by Gabriela Hess
basil-91077_1280
Manjericão em vaso – foto: Pixabay

 Receita de Molho Pesto com manjericão

Molho pesto com Manjericão
Molho pesto com Manjericão foto Pixabay

Receita de molho pesto:

Ingredientes:

– 1 xicara de  folhas de manjericão,  1/2 xicara de nozes, pinoli ou castanha- de-caju ( pode dar um leve tostada),  azeite de oliva para dar liga, 1/2 dente de alho, sal, pimenta do reino, e 1/2 xicara de queijo parmesão. Dica: colocar 1/2 colher de chá de mel para dar um toque adocicado.

Misture os ingredientes em um processador de alimentos ou com um pilão. Depois de pronto,  por último coloque o queijo parmesão ralado. Tempere com o sal, pimenta e e está pronto para usar em massas, saladas, frango e risotos.  A receita é inspirada no livro  “A Itália de Jamie”, do chef ingles Jamie Oliver.

* catálogo de sementes ISLA

 LEIA TAMBÉM:

Veja aqui o passo a passo para plantar o manjericão em vaso: Frutíferas e temperos cultivados em vaso

Veja como plantar um horta em floreira

Cultive salsinha em casa

Veja Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook/Instagram/Twitter

 

 

 

Água no jardim: saiba o que é tendência em irrigação para baixo consumo de água

Uso racional da água é o que mais se fala hoje.  A água é um recurso limitado e por isto precioso, não podemos desperdiçá-la. Para falar sobre o uso racional da água na irrigação do jardim, de hortas, de pomares e do gramado, entrevistei o engenheiro agrícola Rubem Voges, parceiro da Rain Bird, reconhecida marca de produtos para irrigação de paisagismo e áreas esportivas.

Aspersor de irrigação do tipo Spray – Divulgação Rain Bird

 1. O que é tendência hoje em irrigação de jardins?

O lema hoje é “Uso Racional da Água” e é isto que se busca hoje na irrigação. Mas o uso racional da água não se resume no reaproveitamento das águas de chuva ou de estações de tratamento. Vai muito além. Os clientes já reconhecem que a responsabilidade com a utilização da água requer projetos bem feitos, equipamentos adequados ao paisagismo, instalação com profissionais especializados, e uma assistência técnica capacitada. Em relação aos equipamentos, se busca cada vez mais os que têm maior eficiência na aplicação de água no solo. Aí se destacam os modernos tubos gotejadores para uso enterrado. Com estes equipamentos, o aproveitamento da água é de quase 100%, desde que projetados e instalados adequadamente.

XFS Tubo Gotejador Enterrado
Tubo de gotejador enterrado- economia de água – Divulgação Rain Bird

2. Se a pessoa não tem tempo para molhar o jardim, o que indicas?

100% dos sistemas projetados e implantados nos últimos anos foram automatizados. Ou seja, o sistema funciona independentemente, de acordo com a programação mais adequada para o jardim. E os sistemas podem irrigar automaticamente desde apenas um vaso com plantas, até um campo de golfe. Logicamente que cada um com sua complexidade.

HE Van Spray
Spray para irrigação – Divulgação Rain Bird

3. E quando a pessoa sai de férias, como sugeres fazer para irrigar o jardim?

Para um pequeno grupo de vasos ou floreiras, existem Kits portáteis de irrigação, mas que ainda não são fáceis de encontrar no Brasil.  Para jardins maiores, os sistemas automatizados dão total segurança de que o jardim estará adequadamente provido de água nestes períodos. Os sensores de chuva e de umidade de solo suspendem a irrigação quando ela não é necessária.

Irrigação com rotores para áreas grandes – Divulgação Rain Bird

4.  O que sugeres para alguém que está começando uma casa ou apartamento para fazer na obra para depois poder irrigar o jardim ou a sacada?

No projeto da residência ou no início da obra, temos que pensar na infra estrutura para o sistema de irrigação. Mas nada muito complicado. A consulta a uma empresa com engenheiros especialistas em irrigação de paisagismo resolverá questões como: passagens em pisos, volume e local do reservatório de água (se necessário), volume livre no reservatório para coleta de água de chuva, local para a motobomba, etc… O sistema de irrigação propriamente dito, só poderá ser projetado e orçado depois da definição do projeto paisagístico. Mas é importante que o profissional de irrigação esteja sempre informado sobre andamento da obra e suas alterações.
Para sacadas e terraços é necessário um ou mais pontos de água, dependendo do tamanho da área.

Gotejador
Gotejador – Divulgação Rain Bird

5.  O que é um fator limitador quando se quer instalar irrigação automatizada no jardim?

Os melhores fabricantes de equipamentos de irrigação, possibilitam aos profissionais da área, oferecer soluções quase ilimitadas em irrigação.
O importante é cliente e profissional de irrigação conciliarem um projeto tecnicamente perfeito, economizando água, e economicamente viável. Lembrando que um projeto de irrigação não deve ser avaliado exclusivamente pelo valor do investimento inicial. Não existe norma brasileira para irrigação de paisagismo. Utilizamos, então, as normas da ASAE-American Society of Agricultural Engineers- que orienta e fiscaliza os projetos e implantação dos sistemas de irrigação nos Estados Unidos, origem dos principais fabricantes dos produtos. Um projeto “barato” pode ser resultado de utilização de menos equipamentos do que o necessário, acarretando um consumo maior de água e energia, além de necessitar complementação da irrigação com mangueiras. Um custo “eterno” para o cliente, que ele descobrirá somente depois do sistema instalado.

RWS irrigador de Raizes
Irrigador de raízes -Divulgação Rain Bird

Qual a quantidade e frequência que devemos molhar as plantas?

Plante pitangueira e tenha pitanga em casa

Hortas e temperos

 

Veja Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook/Instagram/Twitter

 

 

Novembro azul: veja flores azuis para o jardim

Novembro azul é o mês da conscientização e prevenção do cancer de próstata. O cancer de próstata é o segundo tipo que mais mata os homens. Com prevenção e detecção precoce,  as chances de cura são de 90%.

Para lembrar da importância deste cuidado com a saúde, escolhi 3 flores azuis que são fáceis de cultivar. As hortencias ( Hydrangea macrophylla) podem ter floração azul, rosa ou branca. Em solos alcalinos, as flores se tornam róseas.

hortencia
Flor hortencia foto: Pixabay

Saiba mais: Hortências são explosão de cor nas estradas para a serra gaúcha

A Neomarica caerulea, falsa-íris, é uma herbácea nativa que floresce várias vezes ao ano. Planta muito resistente e fácil de cultivar. As flores podem ser azul-violeta ou branca com centro azul.

neomarica-caerulea-299618_1280
Neomarica caerulea – falsa íris

A foto a seguir é do arbusto Plumbago capensis, Bela emília. Planta arbustiva e pendente, originária da Africa do sul, dá cachopa de flores azuis quase o ano todo. Quando o inverno é rigoroso, a planta fica “queimada”, mas é só podar a parte seca que a planta se recupera e cresce com vigor.

plumbago-827782_1280
Plumbago campensis – Bela Emília foto: Pixabay

Outubro rosa: dicas de flores cor de rosa para cultivar

Lavandas tem perfume suave e podem ser plantadas em vasos

Gerânios florescem o ano todo!

 

 

 

Nem toda fruta nasce em árvore, veja trepadeiras frutíferas

Framboesa, uva, maracujá, amora-selvagem e kiwi são plantas frutíferas trepadeiras. Podem ser cultivadas no jardim e em vasos grandes e precisam de suporte para se apoiarem e crescerem. Para cultivá-las são necessários sol e terra fértil.

uva
Uva – foto:Pixabay
framboesa
Framboesa é uma planta trepadeira foto:Pixabay

Veja como fazer mudas de framboesa AQUI

amora selvagem
Amora-selvagem foto:Pixabay
kiwi
Kiwi foto:Pixabay

 

maracujá
Maracujá precisa de apoio para crescer       – foto:Pixabay

Saiba como cultivar o maracujá AQUI.

passion-fruit
Maracujá maduro foto:Pixabay

Conheça plantas trepadeiras com flores lindas e perfumadas

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

 

Atraia boa energia para a casa com plantas e Cabala

A natureza é um poderoso aliviador do estresse da vida moderna.  Chegar em casa depois de uma jornada de trabalho e relaxar no meio das plantas é tudo de bom! Os efeitos benéficos do contato com a natureza para descarregar o estresse acumulado são comprovados cientificamente.  Diversos estudos já provaram que estar no meio da natureza recarrega a energia da pessoa. Conversei com a professora de Kabbalah/Cabala, Adriana Finkelstein sobre os aspectos espirituais do contato com as plantas e como atrair abundância e boas energias com as plantas.

HamsaHand_web_grande  sister golden divulgação
Mão de Hamsa – traz proteção Foto: Divulgação instagram Sister and golden Shop

 

Adriana, como as plantas manifestam este lado espiritual?

No universo da espiritualidade, considera-se que as plantas têm a sua própria inteligência. Além de absorverem e trocarem a energia de um ambiente, elas podem ser ótimas amigas, ouvindo nossas palavras, oferecendo seus odores e seu potencial medicamentoso, em muitos casos, além de absorverem as energias que nos envolvem. Elas limpam os ambientes e a nós mesmos.

14482977_314001945632023_5276934275998941184_n
Plantas trazem boa energia e aconchego para o lar foto: The Jungalow instagram

 

Conversei com a professora de Kabbalah/ Cabala, Adriana Finkelstein sobre os aspectos espirituais do contato com as plantas:
Traga a natureza para dentro de casa foto: The Jungalow – Divulgação Instagram

O que a cabala tem a dizer sobre as plantas?

Para a cabala tudo tem alma, tudo foi criado por uma inteligência superior, recebendo seu sopro pelo verbo, com isto, a natureza carrega a semente da vida, gerando movimento sutis de trocas de energia. Um jardim respira! As plantas respiram. Isto explica por que é muito importante termos plantas em nossas vidas, pois elas ajudam nas trocas de energia, limpando e revigorando o ambiente. Estar em comunhão e em unidade com a natureza, nos traz bem estar e nos devolve à nossa verdadeira natureza.  O ar, a terra, o fogo e a água são os elementos que encontramos dentro e fora de nós. Em um jardim, onde podemos plantar, cultivar ou simplesmente sentar e admirar a paisagem, podemos reequilibrar cada um destes elementos, voltando a um estado de saúde e alegria.

plantas no banheiro the jungalow instagram
Plantas no banheiro – idéias by site The jungalow fotos: divulgação/ instagram
orquideas  sala
Orquídeas, energia das flores em casa foto: Helena Schanzer

Minha dica: crie um espaço com muito verde, mesmo que voce more em um apartamento. Tenha um lugar para voce sentar e respirar o ar puro que as plantas emanam. Relaxe sua mente, entre em sintonia com as plantas. Se inspire!!!

 

Para saber mais sobre a Kabbalah:

Escola de Kabbalah : Adriana Finkelstein –   contato@escoladekabbalah.com

 

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

Quando a arborização é inútil

Plantar árvores que trarão problemas no futuro não vale a pena.  Existem árvores de espécies exóticas que não atraem avifauna, não tem floração  e ainda tem raízes que só trazem incomodação. Uma das principais representantes destas árvores que falo é uma espécie bem comum e muita plantada nas cidades, dentro e  fora de casa.  Esta árvore é o Fícus benjamina, a figueira benjamim ou Fícus. Ela é muito resistente, tolera ventos fortes e não precisa cuidados, por isto é  tão usada. Se as pessoas soubessem os danos que as raizes desta árvore podem causar, não a cultivariam.

Ficus benjamina folha cor verde
Ficus benjamina folha cor verde foto: Pixabay

Veja aqui o dano que esta figueira exótica causou na tubulação de uma floreira em uma sacada.

Muito plantada em vasos, em coberturas, se cultivada em vasos, até podemos controlá-la.  Mas após alguns anos, ela cresce tanto que chegar a romper o vaso, mesmo os de cimento! Árvore originária da India, China, Filipinas, Tailandia, Austrália e Nova Guiné.  Esta árvore de folhas perenes atinge 10 a 15 metros de altura. Possui raízes poderosas que levantam calçadas e entopem tubulações. Cuidado ao usar esta árvore!

Conheça a figueira nativa que é imune ao corte e as diferentes espécies aqui: Figueira nativa do sul do Brasil

As árvores são os melhores condicionadores térmicos naturais, entenda AQUI.

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

Dica de 3 flores cor-de-rosa em homenagem ao Outubro Rosa!

Para lembrar a importância da prevenção no controle do cancer de mama, o IMAMA lançou a campanha Outubro Rosa e pediu que enchêssemos o Estado de cor-de-rosa.   Escolhi 3 espécies de flores cuja floração é cor-de-rosa com nomes inspiradores para a mulherada poderosa: Rosa, Cosmos e Sempre-viva. As 3  flores são fáceis de cultivar.

rose-168457_1920
Rosas foto: Pixabay

Para cultivar rosas, compre mudas da planta que é vendida em vários tamanhos, variedades e cores. Lembre que existem rosas de hábito arbustivo e trepadeiras.

rose-1610932_1920
Mais rosas foto:Pixabay

A flor chamada de Cosmos é plantada através de sementes que podem ser compradas. É bem fácil de cultivar, bem rústica e gosta de sol.

Cosmos, floração cor-de-rosa foto: Pixabay
Cosmos, floração cor-de-rosa foto: Pixabay

A flor Sempre-viva é semeada e é de fácil cultivo. Muito usada em arranjos de flor seca, dura muito tempo quando desidratada corretamente.

flowers-398941_1920
Sempre-viva foto: Pixabay

Meninas, lembrem-se sempre que o contato com a natureza é terapêutico e importante para a cura das doenças. Então respire ar puro, cultive seus alimentos, coma alimentos mais saudáveis e faça exercícios.

Veja como plantar com sementes

Saiba como ter frutíferas em casa

Faça sua horta na sacada

SAIBA MAIS SOBRE OUTUBRO ROSA E AS AÇÕES PARA AUTOCONHECIMENTO SOBRE O CANCER DE MAMA

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

Voce gosta de comer pitanga? Plante uma pitangueira

A pitanga é uma fruta nativa pequena e saborosa que agrada crianças, adultos e os passarinhos. Nesta época do ano, está em plena frutificação. Já pensou em cultivar uma pitangueira em casa e comer o frutinho direto do pé? Dá pra plantar até em um vaso grande. A fruta é deliciosa, tem sabor adocicado, levemente ácido, medianamente rico em vitamina C. Existem variedades de fruto cor de vinho,  quase preto,  e outras, que quando maduras, o fruto fica na cor vermelha. Para mim, pitanga tem sabor de infância!

foot-pitanga-477020_1280
Pitanga foto: Pixabay

A pitangueira, de nome científico Eugenia uniflora, é uma árvore tropical de pequeno porte ( 6 a 12 metros) que cresce espontaneamente semeada pela avifauna ou plantada através de sementes e mudas. É possível comprar a muda da pitangueira de qualquer tamanho. Desde bem pequena ( e barata) até muda de árvore adulta, e preço alto. É uma árvore que aceita o transplantio, resiste bem. A pitangueira gosta de solo humoso e úmido  e de clima tropical.

Eugenia uniflora floração
Eugenia uniflora floração foto: Helena Schanzer

A pitangueira tem seu habitat natural *nas matas decíduas do Planalto e da Bacia do Paraná desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul, e nas restingas de toda costa brasileira.

pitangueira
Pitangueira foto: Helena Schanzer

Veja como cultivar árvores frutíferas em vasos , na sacada 

Como plantar a árvore no vaso: passo a passo

 

* Frutas Brasileiras e exóticas cultivadas, Lorenzi et al. São Paulo, Instituto Plantarum de Estudos da Flora. 2006.

Sabia que a oliveira é uma das árvores mais longevas?

A oliveira é uma das árvores com maior longevidade. Existem exemplares com mais de 2 mil anos de vida! A oliveira, Olea europae,  é originária da região do Mediterrâneo e pode atingir altura de 7 a 11 mt. O fruto da oliveira é a azeitona de onde se extrai o óleo de oliva, rico em propriedades medicinais. A árvore da oliveira é cultivada para exploração das azeitonas e também no paisagismo e arborização urbana devido ao seu aspecto ornamental e rusticidade. Hoje em dia, existe uma tendência de plantar oliveiras grandes no jardim.

oliveiras antigas com rebrotes prontas para plantio
Foto: Mauro Aguiar – Oliveiras antigas com rebrotes prontas para plantio em embalagens grandes

Para saber mais sobre esta planta bíblica, conversei com o engenheiro agrônomo Mauro Aguiar, que cultiva um viveiro especializado em oliveiras.

Porque esta moda ou tendência de plantar oliveiras aqui no sul?

Quando voltei em 2009 de Portugal eu sabia que logo a oliveira seria utilizada como ornamental, pois ela já era uma planta de eleição no paisagismo em todo o mundo. Também coincidiu com o início do movimento de plantação de pomares comerciais para a produção e azeite, o que só veio a divulgar mais a oliveira.

olives-357849_1280
Foto: Pixabay – Oliveiras
olives- oliveira paisagismo  blog jardim de helena
Foto: Pixabay – Oliveiras

Fale sobre as peculiaridades da oliveira, porque ela é uma árvore tão especial?

As oliveiras são muito usadas nos países do sul da Europa como plantas ornamentais, (Portugal, Espanha, França e Itália). Esta árvore acompanha a civilização ocidental desde o início com os fenícios, gregos e romanos. Por isto e por todas suas virtudes é conhecida como a “árvore da vida”. Cultivada às margens do mediterrâneo, tem forte ligação simbólica com as 3 principais religiões monoteístas: judaísmo, cristianismo e islamismo. Seus frutos, são consumidos após tratamento e produzem o azeite, alimento saudável por excelência e cada vez mais consumido no mundo inteiro.

olive-trees-108855_1280
Foto: Pixabay – Oliveiras  em Jerusalém, Israel – árvore milenar

Quais vantagens do uso de oliveiras?

São plantas muito  rústicas que toleram ambientes agressivos: litoral, ventos, salinidade, seca. As folhas tem um efeito interessante em dias de vento, pois a página inferior das folhas é exposta, dando um aspecto prateado à planta. São plantas muito adaptáveis à poda, podendo-se trabalhar a sua copa em diversos formatos: bola, taça, bonsai.  É uma espécie ainda pouco utilizada como ornamental no Brasil,  mas já se tem um procura cada vez maior por esta planta.

spain-745937_1280
Foto: Pixabay – Oliveiras na Espanha
Oliveiras antigas
Foto: Mauro Aguiar –  oliveiras antigas com rebrotes prontas para plantio em embalagens grandes

Como começaste a cultivar oliveiras?

Sabendo dessas qualidades das oliveiras, fiz uma plantação em 2010 de oliveiras em Taquara, RS e aos poucos o viveiro  foi se especializado em oliveiras, PalmSul. Comprei um campo em estado degradado de oliveiras com 75-80 anos de idade e passei a transplantá-las, tratá-las e enraizá-las em vasos de tela para serem utilizadas como ornamentais. Hoje o estoque já conta com acima de 250 plantas antigas e várias plantas jovens já envasadas em bags ou em fase de transplante para serem utilizadas em jardins.

olive-trees-, oliveira
Foto: Pixabay – Plantação de oliveiras

Quais dicas você dá para plantar a oliveira?

Como já comentado, é uma planta muito rústica. O único cuidado que devemos ter é mantê-la em pleno sol e evitar solos mal drenados, o que a oliveira não tolera. É uma planta excelente para floreiras e cachepots, adaptando-se a terraços ventosos e ensolarados. Pode ser plantada em um pequena elevação no jardim, com uma iluminação por baixo e criamos um forte ponto focal no jardim.

oliveiras  paisagismo jardinagem viveiro
Foto: Mauro Aguiar  – Oliveiras antigas com rebrotes prontas para plantio em embalagens grandes

 

 

É primavera, época de flores e perfumes no jardim

Hoje, 23 de setembro começa a primavera no hemisfério sul. O calor vai chegando devagar e os dias vão ficando mais longos.  No meu jardim, o Jardim de Helena, fui presenteada com várias espécies em floração. Mostro aqui para vocês. Muitas espécies são nativas e atraem beija-flores que vem para sugar o néctar das flores.

Lavandas, azaléas e pitosporo anão – foto: Helena Schanzer

Para termos sempre flores no jardim, temos que cultivar espécies exóticas adaptadas ao nosso clima e espécies nativas. As plantas nativas precisam de menos cuidado do que as plantas que são exóticas ou não adaptadas a região. As espécies nativas estão adaptadas ao clima e ao regime de chuvas daqui. Outro aspecto interessante, é que resistem mais as pragas e doenças porque tem os predadores naturais que são nativos também! As nativas são resistentes e dispensam maiores cuidados.

astromeria
Planta nativa: Astromeria em flor foto: Helena Schanzer

 

Foto: Helena Schanzer
Orquidea dendrobium , nativa Foto: Helena Schanzer
piracanta em floração
Arbusto piracanta em floração Foto: Helena Schanzer

Eu considero esta época ideal para plantar e organizar jardim. Depois do inverno e das chuvas, a primavera costuma ter clima fresco e seco. É hora de arrumar o jardim para aproveitar os dias quentes e logo, logo o verão. Inspire-se e comece a pensar nas plantas, no espaço verde que deseja ter para cultivar temperos, hortaliças, frutas e flores. Pense na qualidade de vida que gostaria de ter e lembre que a vegetação e a alimentação tem tudo a ver com isto.

Foto: Helena Schanzer
Planta nativa: Farroupilha Foto: Helena Schanzer

As plantas nativas atraem beija -flores.

salvia guaranitica
Espécie nativa: Salvia guaranítica foto: Helena Schanzer

Espécies com flor na primavera – fotos no Jardim de Helena

 

 

 

Lavandas são opções de plantas com perfume!

Porque estar no meio das plantas traz bem estar

Gerânio, cultive esta flor linda!

Suculentas são versáteis

 

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter