Arquivo da categoria: Receitas

Chocolate de verdade contém muito cacau

A Páscoa está chegando e só se pensa em chocolate. Quanto contem de açúcar e quanto de chocolate na barra ou no ovo de páscoa que você compra? A maioria dos chocolates que vemos por ai, possui na maior parte açúcar, gordura e pouquíssimo cacau. Ou seja, só engordam sem agregar os benefícios do cacau para a saúde. O cacau é um fruto cujas sementes  são processadas e dali se retira o que será a base do chocolate.  O cacau requer processamento mínimo para preservar todos os antioxidantes e outros fitonutrientes benéficos.

chocolate-amargo
Chocolate amargo com alto teor de cacau foto: Pixabay

O cacau, Theobroma cacao,  é originário do Sul do México, América Central e Bacia Amazônica, onde o cacau se desenvolvia naturalmente em meio à floresta. A árvore do cacau gosta de crescer em meio a outras, em locais meio sombreados. Planta tropical, gosta de calor, podendo florescer duas vezes ao ano. Se desenvolve em terrenos profundos, férteis e úmidos.  Hoje,  o cacau é cultivado mundialmente, sendo a África o maior produtor mundial de cacau, cabendo ao Brasil ( principalmente na Bahia e Pará) o quinto lugar. A Indonésia e o Equador também produzem cacau.

fruto de cacau
Fruto de cacau foto: Pixabay

Comer chocolate acima de 70% de cacau é o ideal para quem busca aliar o prazer do chocolate com a saúde.

bombons de chocolate
Bombons e chocolate -atenção ao teor de cacau e açúcar! foto: Pixabay

Veja:  Receita de sorvete de  chocolate com  100%  de cacau

Siga Jardim de Helena nas redes sociais:
Facebook / Instagram / Twitter

 

Sabia que existem vários tipos de manjericão?

Na horta experimental da Isla Sementes são cultivadas  diversas variedades de manjericão usadas na gastronomia. Você também pode cultivar todos os tipos de manjericão em casa, inclusive em vasos e floreiras. O básico para o manjericão crescer é receber sol. Cada uma das variedade de manjericão agrega um sabor peculiar na comida e na salada.

cultivo de manjericão
Cultivo de manjericão Foto: Helena Schanzer

Existem sementes de 7 variedades de manjericão (Ocimum basilicum): Limoncino, Grecco a palla, alafavaca basilicão, alfavaca basilicão vermelho, manjericão toscano folha-de-alface ( porque a folha é grande), Gennaro de menta e o alfavaca vermelho rubi.  A diferença entre os sabores de cada espécie, acredite, são grandes!  O manjericão Limoncino tem aroma de limão, a alfavaca rubi tem um sabor exótico que não dá para explicar, o outro manjericão tem um toque de menta.

manjericão   alfavaca rubi
Cultivo de manjericão alfavaca rubi Foto: Helena Schanzer

Reparem no uso de mulching ou cobertura morta para proteção entre os canteiros e o uso de plasticultura nos canteiros, tudo isto para evitar o crescimento do inço e melhorar a proteção e drenagem do solo.

Para saber como cultivar manjericão veja este link AQUI

manjericão genaro
Cultivo de manjericão Limoncino   Foto: Helena Schanzer

As sementes de manjericão da Isla são livres de agrotóxicos e as folhas podem ser usadas como Baby leaf ( folhas jovens). A planta do manjericão atinge entre 20 e 50 cm de altura conforme a variedade.

manjericão roxo
Cultivo de manjericão roxo , ou alfavaca basilicão vermelho Foto: Helena Schanzer
chefs e o uso dos manjericões
Chefs e o uso do manjericão    Foto: Helena Schanzer

O manjericão roxo tem um sabor sensacional e  provoca uma explosão de sabores quando combinando com as hortaliças certas como por exemplo, o tomate. Variedades de tomate adocicadas ficam ainda mais saborosas.

Como usar o manjericão na culinária:

1. Use-o ao natural ( fresco) em saladas, vinagretes, molho-pesto, licores, doces e sucos.

2. Prepare sorvete de manjericão ( super exótico) adicionando uma xícara de folhas de manjericão fresco em um litro de sorvete de creme. Bata no liquidificador o sorvete de creme com o manjericão e coloque no congelador até gelar.

3. Use o manjericão cozido ao adicioná-lo nos molhos de tomate, pizzas, ensopados e outras receitas.

 

Faça um sorvete caseiro de chocolate com cacau 100% orgânico

Tem 2 coisas na vida que eu adoro: sorvete e chocolate amargo. Faz tempo que fico misturando ingredientes para  chegar na alquimia perfeita do sorvete caseiro de chocolate amargo. Depois de muito testar, descobri uma receita fácil de cozinhar.  Até receitas da chef Nigella Lawson testei, só para terem uma idéia. Tenho que compartilhar com vocês este sabor e consistência deliciosa do sorvete de chocolate amargo que preparei.

sorvete cacau
Sorvete de cacau e chocolate amargo – foto: Helena Schanzer

 Receita de sorvete de cacau 100% orgânico

– Calda de chocolate amargo ( não é para usar como cobertura, é para bater junto no liquificador):

–  2 copos de leite

– 2 colheres de sopa de cacau em pó 100% organico

– 100 gramas de chocolate em barra com 70% de cacau

– 1 colher de sopa de chocolate em pó com  50% cacau

Você vai cozinhar todos ingredientes acima em fogo baixo, misture até engrossar. Leva uns 30 minutos. Espere esta calda esfriar e junto com os ingredientes abaixo, bata no liquidificador.

– 1 pote de leite condensado – 395 gr

– 1 pote de creme de leite – 300 gr

– 2 colheres de sopa de Vodka (se for Absolute sabor baunilha dá um toque especial. Senão pode ser qualquer vodka). Pode ser até mesmo conhaque. A função do álcool é não permitir que congele, ajuda a dar uma consistência cremosa.

Bater todos ingredientes juntos no liquidificador por alguns minutos até ficar cremoso.

Coloque no congelador por pelos menos 8 horas antes de servir. É bem simples de fazer um sorvete caseiro sem conservantes, sem aromatizantes, sem espessantes, sem corantes!!! E dura algumas semanas no congelador.

Ao servir, combine com calda de chocolate amargo.

 

 

Mas qual é a diferença entre chocolate e cacau?

O cacaueiro (Theobroma cacao significa alimento dos deuses) é a árvore que dá origem ao fruto chamado cacau. Atinge entre 4 a 8 metros de altura e possui duas fases de produção: temporão (março a agosto) e safra (setembro a fevereiro. O cacau é a principal matéria-prima do chocolate.

Chocolate é o cacau processado que foi calcinado a altas temperaturas, enquanto que o cacau tem simplesmente puros grãos de cacau bruto. Cacau requer processamento mínimo e preserva todos os antioxidantes e outros fitonutrientes benéficos, enquanto assar em altas temperaturas destrói o cacau. O cacau é extraído das sementes ou amêndoa: extrai-se o pó de cacau, de sabor amargo, que é a base para a confecção de chocolate. Para isto, as amêndoas são secas, torradas e trituradas. Veja o fruto do cacau na foto abaixo:

feijões de  chocolate
Fruto do cacau e vagens de cacau foto Pixabay

O chocolate que comemos por ai tem um percentual muito baixo de cacau. Mistura-se de tudo: açucar, lecitina de soja,  conservantes, produtos para dar aroma e sabor de cacau, mas o que tem menos ali é cacau.

cacau fruto
Fruto do cacau na árvore – foto:Pixabay

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

Suco de couve e hortelã cultivadas no jardim é super saudável

Um dos sucos que considero mais saudável é o de folhas de couve-manteiga, folhas de hortelã e água de coco. Para mim é Detox total! Eu planto no meu jardim vários pés de couve e hortelã.

Hortelã, menta
Hortelã em flor foto: Helena Schanzer

Veja como plantar em:  Plantando temperos e limão em vaso

Corto as folhas maduras conforme vou utilizando, e o pé de couve fica ali crescendo cada vez mais.  Importante é usar uma tesoura de poda ou mesmo de cozinha para coletar as folhas. Assim não arrebentamos o caule e a fibra da planta, evitando a entrada de patógenos. Importante: não uso nada de agrotóxicos, quando aparece alguma lagarta comendo a folha da couve, com uma luva , eu a esmago com o dedo! Não tem nojinho 🙂  Ou uso controle ecológico, veja aqui.  Prefiro isto do que usar pesticidas.

Quer saber a receita do suco e como plantar a couve-manteiga e a hortelã?  É bem simples: Veja agora a matéria da data de abril/2015:

 

Você quer uma receita de saúde e bem estar?  Plante couve-manteiga e hortelã no jardim de casa ou em vasos e floreiras na sacada ensolarada do apartamento.  Com estes dois vegetais, dá para fazer suco verde sem agrotóxicos e com custo zero. Estas espécies são resistentes, de fácil crescimento e não ocupam muito espaço. Você precisa de sol direto e local arejado.

Foto: Wikimedia  Mentha  - Hortelã
Foto: Wikimedia – Mentha  spicata- Hortelã

Você precisa de um local com sol por 6h por dia, no mínimo  para os vasos/floreiras de sol direto e ar. Definido o local, você vai precisar de composto orgânico (terra) de boa qualidade e vaso ou floreira de 20 cm de profundidade e largura, no mínimo. Plante a couve e a hortelã  em mudas, regue em dias alternados e em algumas semanas você estará colhendo estes vegetais frescos e sem agrotóxicos na sua casa!

Foto: Helena Schanzer  - Couve manteiga
Foto: Helena Schanzer – Couve manteiga

A receita do suco verde é simples: Lave 3 folhas de couve manteiga, coloque no liquificador sem a parte grossa do talo, coloque um punhado de folhas de hortelã, gelo e 1 copo de água ou de água de côco.  Bata por uns minutos e saúde!

juice-94945_640 pixabay
Foto: Pixabay – suco verde

A couve e a hortelã são bem adaptadas ao clima frio e ao calor também. Gostam de solo bem drenado e regas em dias alternados. Plante a couve no centro do vaso e as hortelãs na volta. A foto abaixo mostra uma hortinha com floreiras onde se plantou temperos. Dá para fazer igual com couve manteiga e hortelã.  Sabia que hortelã se faz muda com um pedaço da raíz? Mas isto já é assunto para outro Post.

Foto: Helena Schanzer
Foto: Helena Schanzer Hortinha em floreiras com temperos. Dá para fazer com couve e hortelã

 

Dica: Você encontra sementes e mudas de couve manteiga e  hortelã para fazer sua horta  em floriculturas e  supermercados.

Dica 2: Fique ligado porque lagartas adoram comer couves-manteigas. Saiba como acabar com elas sem venenos  em lagartas !  Eu coloco luvas e quando são em pequena quantidade, esmago com o dedo. Simples assim.

Dica 3: Use luvas de borracha ou látex para mexer no solo/terra/composto para evitar a contaminação das unhas com os fungos que fazem parte da microvida do solo e da terra.

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter