Arquivo da tag: dicas de jardinagem

Quer ter beija- flores visitando seu jardim? Cultive plantas nativas para atraí-los

Quer ter a visita de pássaros beija- flores na sua  sacada ou jardim?  Cultive plantas nativas que atraem esta pequenas aves que visitam as flores para se alimentar!

As plantas nativas são adaptadas ao nosso clima e resistentes quanto a doenças e pragas.

Escolhi  5 plantas incríveis que deixarão seu jardim florido e bem frequentado.

Abutilon_megapotamicum WIKIPEDIA
Foto: Wikipedia – Flor de Abutilon megapotamicum  –  Lanterninha do japão  – Arbusto pendente
Fuchsia regia - brinco de princesa
Foto: Helena Schanzer – Fuchsia regia – brinco de princesa – Arbusto pendente

 

Justicia floribunda - Farroupilha - Arbusto escandente
Foto: Helena Schanzer – Justicia floribunda – Farroupilha – Arbusto escandente
Foto: Helena Schanzer  -Salvia guaranitica -Salvia azul - Arbusto
Foto: Helena Schanzer -Salvia guaranitica -Salvia azul – Arbusto

 

Foto: Helena Schanzer - Ruellia coerulea - ruelia azul - Forração baixa
Foto: Helena Schanzer – Ruellia coerulea – ruelia azul – Forração baixa

As vantagens de cultivarmos espécies nativas é que elas duram muito tempo no jardim, não necessitam maiores cuidados, são menos exigentes quanto a rega e não ficam doentes. E a maior vantagem é que florescem o ano todo e atraem beija-flores trazendo vida para o jardim.

 

 

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

 

Cultive saúde no jardim com plantas medicinais e temperos

Sabia que você pode cultivar saúde no jardim com  plantas medicinais fáceis de cuidar? Alecrim,  manjericão, cidró, hortelã  são algumas delas.  Para cultivá-las é necessário sol direto, terra fértil, vaso ou floreira (ou pode plantar na terra direto), água para regar e  mudas  das plantas que se compra na floricultura ou no supermercado. Com poucos cuidados você terá folhas frescas e sem agrotóxicos para fazer seu chá medicinal a hora que quiser.  Estas plantas têm as folhas perfumadas. Se tiveres dúvida de qual planta se trata, pegue um raminho e amasse com os dedos. Pelo aroma exalado pela folha vai conseguir identificar a espécie. 

Alecrim – tempero e aromática foto: Helena Schanzer

 Alecrim

O alecrim (Rosmarinus officinales) é um arbusto ramificado que gosta de solo seco entre uma rega e outra, além de solo arenoso. É bastante resistente. Muito usado na culinária, na farmácia e perfumaria. Tem propriedades estimulantes, usado para dar força e ânimo para quem sente fraqueza e exaustão.

Flor do alecrim

 Hortelã

A *hortelã (Mentha spicata) é muito usada para fins medicinais. Toda a parte aérea da planta é aproveitada.  É apropriada para  mal estar estomacal, descongestionante nasal e antigripal. O óleo essencial é amplamente usado na farmacologia e cosmetologia. Usam-se as folhas frescas para saladas e temperos.

Hortelã, menta
Foto: Helena Schanzer – Mentha spicata – hortelã

 Manjericão

O *manjericão  (Ocimum basilicum) é uma planta herbácea de 30 a 50 cm de altura, cultivada em hortas para condimento e fins medicinais.  Na forma de chá, serve para tratar sintomas da gripe e para gargarejo. As folhas frescas são saborosas em saladas e como tempero.

Foto: Helena Schanzer – Manjericão

 

Capim cidró

O *capim cidró ou capim limão (Cymbopogon citratus) é uma herbácea com folhas longas e perfumadas. Usada para fins industriais e medicinais. O chá das folhas tem ação calmante e relaxante, induzindo naturalmente ao sono. O óleo é usado como aromatizador e as folhas novas usadas na culinária oriental ( tailandesa).

Foto: Pixabay  - capim cidró ou capim limão
Foto: Pixabay – capim cidró ou capim limão

 

Escolha a espécie de planta medicinal que quer plantar.  Prepare um vaso com dreno  e uma mistura de terra com composto orgânico e areia.

Foto: Pixabay  - Para plantar  ervas é necessário  substrato e pá de jardim
Foto: Pixabay – Para plantar as ervas precisa de substrato e pá de jardim

 

Siga o passo a passo abaixo. Por fim coloque  a muda no centro do vaso, cubra com composto orgânico e firme ela com as mãos na terra.  Molhe bastante e aguarde a colheita das folhas perfumadas!

Veja no link: passo a passo para plantio de temperos em vaso.  

 

 

Como preparar o dreno do vaso:

Espécies das plantas medicinais com flores e detalhes: hortelã, alecrim, manjericão e capim cidró. Todas tem flores melíferas muito visitadas pelas abelhas e borboletas.

 

* Plantas medicinais no Brasil, Nativas e exóticas. Harry Lorenzi e F.J. Abreu Matos. Instituto Plantarum, 2002.

 

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

 

Sabia que existem flores que são comestíveis e saborosas?

Você sabia que existem flores comestíveis e saborosas?  Estamos acostumados a comer flores como brócolis, couve-flor e não nos damos conta que são flores de plantas.  A novidade é que hoje existem fazendas especializadas no plantio de flores comestíveis e o mercado da alta gastronomia é o grande consumidor. Cultivam-se flores coloridas e atrativas para saborear  e enfeitar os pratos.  Flor não engorda, tem nutrientes e as calorias  equivalem as de uma verdura. Devem ser consumidas flores cultivadas sem agrotóxicos e apropriadas para este fim.

Foto: Pixabay - flor de cravina
Foto: Pixabay – flor de cravina

Preste atenção, porque existem muitas flores que são tóxicas,  antes de consumir, informe-se que flor está pensando em comer. Segue uma lista das flores comestíveis mais cultivadas e consumidas.  A planta Capuchinha (Tropaelum majus), também chamada de Chagas, é uma herbácea rasteira que gosta de sol.  Planta de fácil cultivo, se alastra pelo canteiro. As flores de cor vermelha, laranja, branca e amarela são muito ornamentais.   A flor é usada  crua em saladas.

pixabay chagas
Foto: Pixabay – Flor-de-chagas, capuchinha

A planta conhecida como Amor-Perfeito (Viola tricolor) é uma herbácea perene  com flores vistosas e coloridas. Gosta do clima frio e é bem rústica. As flores  tem textura aveludada e sabor refrescante. Boa para saladas ou para aromatizar vinagres.

Foto: Pixabay  - amor perfeito
Foto: Pixabay – amor perfeito

A rosa (Rosa sp.) é uma flor  usada com ornamental e por suas propriedades aromáticas e culinárias. São dezenas de espécies de roseiras de diversas cores, algumas arbustivas, outras trepadeiras. A utilização da flor da roseira é muito tradicional na cozinha árabe. É usada em cremes e sorvetes. As pétalas da rosa podem ser  usadas em limonadas e sumos de laranja para dar um toque exótico. Além de saborosa quando usada em saladas e como ingrediente de doces e salgados.

rose-715396_1280
Foto:Pixabay – roseira

A flor da planta cravina (Dianthus chinensis) é  muito usada para enfeitar pratos  em restaurantes espanhóis. A flor da cravina é o ingrediente de saladas, sobremesas doces e saladas de frutas.

Foto: Pixabay – Dianthus barbatus – Cravina

As flores comestíveis  são usadas dentro do gelo para enfeitar as bebidas ao servir.  Na alta gastronomia são muito usadas: a flor de alface,  a flor da pimenta (o sabor da flor lembra a pimenta, mas é suave, a flor do manjericão e a flor da erva-doce.   Nas fazendas de cultivo de flores comestíveis, após a colheita, as flores são higienizadas e armazenadas na geladeira. Podem durar até 7 dias se devidamente embaladas e resfriadas.  E agora, após aprender sobre as flores comestíveis , você vai enxergar as flores com outros olhos!!!