Arquivo da tag: Ferramentas para jardim

Dicas de ferramentas básicas para cuidar do jardim

Para cuidar das plantas do jardim são necessárias algumas ferramentas. Selecionei algumas que são imprescindíveis para voce ter em casa:

1. Tesoura para podar galhos – Dicas!!!

Ferramenta específica para cortar galhos, importante que esteja sempre afiada para não “mastigar ” o galho ao invés de cortar. É importante podar sempre os galhos secos e mortos para renovar a planta. O ponto que se corta o caule ou o galho da planta é quase rente ao tronco/caule para que a cicatrização do tecido seja ok. Sabia que ao podar um galho acontece um fenômeno bioquímico na planta? Existe uma enzima que estimula o crescimento apical, para cima, do caule. Ao podarmos o caule/galho, esta enzima é inibida e outra enzima específica do crescimento lateral é estimulada e a planta rebrota nestes pontos. Observe na gemas de brotação do galho, como ele se bifurfa ao cortarmos.

Tesoura de poda Foto Tramotina divulgação

2. Pazinha de jardineiro – estreita e larga

A pá estreita serve para plantas menores e vasos pequenos. A pá mais larga serve para plantar mudas maiores e fazer buracos para plantar na terra.

Foto Tramotina divulgação-pazinha-estreita-com-cabo
Pazinha de jardim estreita Foto: Tramontina divulgação

Veja outros tipos de pás de jardinagem AQUI

Foto Tramotina divulgação-pazinha-larga-com-cabo
Pazinha de jardim larga Foto: Tramontina divulgação

 3. Tesoura de poda ou Podão

Usado para cortar galhos maiores ou dar formato para arbustos e maciços de plantas.

78330105PDM001B-tesoura-para-cerca-viva

 

 

4. Regador para plantas

O regador é útil para molhar vasos e plantas que precisam de um cuidado a mais com a água.  Importante o tipo de bocal: o bom para a plantas é que a água jorre delicadamente para ser lentamente absorvida pela terra. Um regador com design bacana é decorativo!

regador   pixabay
Regador pode ser decorativo foto: Pixabay

5. Mangueira para irrigação

A mangueira deve ser bem flexível e ter o comprimento adequado para que se molhe todo o jardim.

foto pixabay mangueira
mangueira Foto: Pixabay

Saiba por onde começar a fazer o seu jardim AQUI

Veja como fazer uma horta em casa

Aprenda como podar as plantas

A época ideal para podar as plantas é no outono e no inverno, quando as temperaturas são mais frias. Com o clima frio, a planta fica com o metabolismo lento e muitas espécies entram em dormência, hibernam. Para realizar a poda das árvores e arbustos existem ferramentas específicas que garantem um corte preciso no galho. A poda é uma prática benéfica para as plantas quando realizada com critérios técnicos que visam a melhoria da saúde da planta e vigor da brotação dos ramos.

box-hedge-topiary-869073_1280 (1)
Podando cercas-vivas              Foto: Pixabay

Existe uma enzima que estimula o crescimento da planta para cima e quando cortamos um galho acima da gema de brotação, começam a atuar outras enzimas que estimulam o crescimento das gemas laterais, bifurcando a planta. Isto é desejado quando queremos que a planta “encha”, que os ramos laterais brotem.

rhs-hyde-hall-869076_1280
Topiaria é a arte de podar plantas com formatos geométricos Foto: Pixabay

Dicas para podar as plantas:

1. A partir de maio, quando começa o outono e no inverno são as épocas ideais. O frio é boa época para podar, a planta está em dormência. As plantas caducifólias perdem as folhas completamente e esta é a época ideal para podá-las.

2. Existem vários tipos de tesoura de podar, verifique a grossura do tronco e faça sua escolha. A lamina deve estar afiada para um corte certeiro, que não “mastigue” o tronco.

3. Existem tipos de podas com finalidades diferentes:

– poda de limpeza: como o nome já diz: serve para limpar a planta e retirar galhos secos, doentes, mal formados.

– poda de formação: muito usada em árvores frutíferas para formar a galhada para que todas frutas recebam luz solar.

– Topiaria: arte de podar dando formatos na planta ( em geral arbustos de folhas perenes). Um arbusto muito usado para topiaria é o buxos, chamado Buxus sempervirens, que se poda para dar aspecto redondo. Esta espécie se presta bem a esta função.

4. Proteja as mãos e os dedos porque estas tesouras são muito afiadas. Preste atenção onde segura o galho, para não se cortar.

5. As azaléas não de vem ser podadas agora. Somente após a floração em setembro, porque agora estão sendo formadas as gemas da floração. Se voce podar agora no outono, não terá flores em agosto na época da floração das azaléas!

6. Quando podar um galho muito grosso, passe a pasta bordalesa para evitar que fungos e bactérias penetrem no tecido podado. A calda bordalesa é o sulfato de cobre diluído em água.

pruning-shears-535350_1280
Corte da poda deve ser preciso para não danificar a planta foto: Pixabay
topiary-898927_1920
Podando com formatos geométricos foto: Pixabay

Tem um ditado popular que diz que os meses sem “R” são bons para podar. Faz sentido, porque os meses mais frios como maio, junho, julho, agosto são os que a planta está com o metabolismo mais desacelerado.

tesoura-para-cerca-viva
Tesoura de poda para galhos grossos como cercas-vivas                     Foto: Tramontina Divulgação

 

Tesoura de poda para galhos pequenos, lenhosos  e finos     Foto: Tramontina divulgação
Tesoura de poda para galhos pequenos, lenhosos e finos             Foto: Tramontina divulgação

Veja: Cobertura de apartamento tem jardim Gourmet

Aprenda: Faça voce mesmo seu jardim na cobertura

Saiba: Porque conviver com as plantas atrai bem estar e paz

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

Conheça ferramentas para fazer o jardim – Plantar com pá -1

Para plantar e manter o jardim são necessárias diversas ferramentas.  Para começar um jardim precisamos de enxada e pá.  Em outro post falarei sobre a enxada.  Aqui explicarei os tipos de pás mais usadas no jardim, cada uma adequado a uma atividade específica.  Para uso no dia a dia do jardim e do cuidado com os vasos, a pá de jardineiro é muito útil. A pá é pequena e apropriada para cavar e plantar direto na terra as plantas pequenas.  Própria para os serviços menores como cavar um buraco na terra do jardim para plantar uma flor, um tempero ou uma forração.  Usa-se tanto para plantio em vasos como na terra diretamente.  Tem um cabo anatômico que quanto mais emborrachado for , melhor para o uso, mais macia para o manuseio. Importante que o metal seja resistente para cavar. Pode ser estreita ou mais larga. Usada também para manejar a compostagem caseira.

Foto: Tramontina  Divulgação - pá estreita
Foto: Tramontina Divulgação – pá estreita
Foto: Tramontina  Divulgação - pá larga
Foto: Tramontina Divulgação – pá larga

Existe a pá-de-corte, que tem cantos retos e serve para cortar a terra, fazer buracos, para plantar árvores e para cavar. Adequada também para recortar o torrão de uma planta que está no solo quando pretendemos transplantá-la.

foto pixabay pá corte
Foto: Pixabay – Pá corte – própria para cavar buracos e retirar a terra

Abaixo vemos a pá-de-concha que serve para carregar a terra ou areia. Ela tem formato da pá concavo, de modo que o material fica contido na pá e é própria para deslocar terra e areia de um ponto a outro do jardim.

Foto: Pixabay  - Pá-de-concha
Foto: Pixabay – Pá-de-concha própria para trabalhar com a terra e outros insumos como cal, adubos.

Para auxiliar no serviço de jardinagem é importante um carrinho-de-mão. Serve para transportar o composto orgânico, a areia e o substrato. Também é usado para deslocar as mudas das plantas na implantação do jardim.

foto pixabay pá
Foto: Pixabay – carrinho de mão

Com estas ferramentas você pode começar a executar o seu jardim.  Em um próximo post falaremos sobre as ferramentas para podar as plantas do jardim.