Arquivo da tag: jardim em apartamento

Conheça 5 plantas perfumadas para ter no jardim ou em vasos

Plantas perfumadas deixam um jardim irresistível! Selecionei 5 plantas perfumadas fáceis de cultivar e que florescerão quase o ano todo exalando aquele aroma encantador na casa e no jardim. Anote ai:  jasmim-do-Imperador, jasmim dos açores (ou miúdo), jasmim-dos -poetas, jasmim manacá e  jasmim-do-cabo (tem do tipo arbustivo e arbustinho anão). Você pode cultivá-las em vasos ou floreiras, o importante para que floresçam é que a terra seja fértil.

Algumas das plantas são de porte arbustivo, outras são  trepadeiras e uma delas, o jasmim-do-cabo, possui uma variedade anã que fica com 30 cm de altura. Estas plantas crescem no sol direto e também se receberem algumas horas de sol por dia.

Osmanthus_fragrans flor
Jasmim do Imperador – Osmanthus fragans – Arbusto Foto: Wikimedia
 Jasminum azoricum- jasmim dos açores - Trepadeira
Jasminum azoricum- jasmim dos açores – Trepadeira Foto: Reprodução Wikimedia
jasmim perfumado Jasmim polyanthus - jasmim dos poetas
Jasmim dos poetas – Jasmim polyanthus – Trepadeira Foto: Helena Schanzer

 

jardim que fiz - pode ser a foto da  segunda folha
Foto Helena Schanzer – Jasmim dos poetas na parede configurando um desenho. Jardim parceria com Arquiteta Helena Karpouzas

 

jasmim manacá  brunfelsia uniflora)
Foto: Helena Schanzer – Brunfelsia uniflora – jasmim manacá – Arbusto
Gardenia jasminoides
Gardenia jasminoides – Jasmim do cabo – Arbusto Foto: Helena Schanzer

Paredes sem graça? muro feio? faça um jardim vertical!

Árvores com flores  incríveis!

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

 

Férias de julho com as crianças: plante uma horta e faça ioga

Férias de julho e as crianças em casa, haja criatividade para inventar programas, não é?  E como tirar as crianças da frente da tela do computador e do celular? Indico uma atividade que as crianças adoram: mexer na terra e com as plantas. É super saudável, elas se conectam com a natureza e começam a repensar de onde vem os alimentos que comem. Para vocês se inspirarem, mostro uma atividade que organizamos junto com a Lezanfan: uma tarde para plantar hortaliças e temperos na sacada de um apartamento. As crianças se engajaram no plantio e estavam animadas!   Para completar, depois da plantação, as meninas relaxaram com uma sessão de ioga com a professora Juliana Rosa. Foi uma tarde muito diferente e deixou todos, adultos e crianças, felizes e conectados com o que realmente importa: a natureza e o bem estar!

A Luciana Chwartzmann, da Lezanfan, queria fazer uma horta de temperos e ter frutas na sacada do apartamento. Depois de visitar a casa, planejei os vasos e as floreiras com árvores, arbustos, plantas trepadeiras , temperos, hortaliças e as espécies adequadas. Para plantar as frutíferas e preparar as floreiras para o plantio da horta, a equipe da Cauhy Jardins foi encarregada.

Foto: Helena Schanzer  -Sacada de apartamento após projeto de paisagismo  e execução da hortinha nas floreiras
Sacada de apartamento após projeto de paisagismo e execução da hortinha nas floreiras – Foto: Helena Schanzer

Para começar a tarde de plantio, as meninas escreveram com canetas coloridas permanentes em embalagens de isopor (aquelas de hortaliças) para fazer as plaquinhas com o nome de cada plantinha. Olhem nas fotos a fofurice das plaquinhas. Dá para regar o jardim que elas não estragam com a água!

 As crianças escrevendo plaquinhas para a horta  na sacada
As crianças escrevendo plaquinhas para a horta na sacada – Foto: Helena Schanzer
Foto: Helena Schanzer - plaquinhas  de isopor reciclado  com nome dos temperos para a horta  na sacada
Plaquinhas de isopor reciclado com nome dos temperos para a horta na sacada – Foto: Helena Schanzer

A sacada do apartamento bate sol o dia todo, dá para plantar frutíferas, horta, temperos e plantas perfumadas. As espécies de frutas plantadas em vasos foram pitangueira, jaboticabeira,  laranjinha-do-Japão, mirtilo, fissalis e romã-anã.

Foto: Helena Schanzer - Vasos com árvores frutiferas na sacada: na ordem: pitanga-anã, jaboticabeira e mirtilo
Vasos com árvores frutiferas na sacada: na ordem: pitanga-anã, jaboticabeira e mirtilo – Foto: Helena Schanzer

Para plantar a horta podemos usar sementes ou comprar mudinhas das hortaliças e dos temperos. Usando sementes gastamos menos, mas levamos mais 2 à 3 meses a mais para ter o mesmo tamanho que a mudinha de menor porte ( varia conforme o clima e  espécie).

plantando horta caseira
Plantando tempero, Sálvia, na floreira da sacada do apartamento – Foto: Helena Schanzer

A Lu é uma amiga de longa data. Ela trabalha com crianças desenvolvendo atividades lúdicas. Então, no dia combinado para plantar a horta nas floreiras, a Lezanfan trouxe uma turma de meninas fofas de 7 à 11 anos.

mãos das crianças plantando hortinha
Crianças plantado as hortaliças e temperos na horta caseira Foto: Helena Schanzer

As meninas plantaram  temperos e hortaliças tais como: salsinha, rúcula, couve-manteiga, tomates, manjericão, alecrim, manjericão roxo, alface roxa e hortelã.  Depois regaram as plantinhas.  E o toque final  foi  a aula de ioga para relaxar.

Com a mão na terra para plantar! Foto: Helena Schanzer

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

 

Bem estar: plante lavandas para ter flores perfumadas no jardim

Nesta época do ano as lavandas estão  comçando a florescer, para elas quanto mais frio, melhor.  As lavandas  tem flores perfumadas e podem ser cultivadas no jardim ou em vasos na sacada. O perfume da lavanda é suave e relaxante. Uma das plantas  aromáticas mais cultivadas, a  lavanda ou alfazema é um pequeno arbusto perene (+- 50 cm) que cresce rápido no sol. É cultivada como ornamental,  para fins medicinais e para perfumaria.  As  flores de cor lilás presentes o ano todo são delicadas e melíferas.

Foto:  Wikimedia Commons  - Flores de Lavandas
Foto: Wikimedia Commons – Eleonorapulcino- Flores de Lavandas

A lavanda é uma espécie européia que gosta de clima frio, por isto se adapta bem aqui no sul. A parte mais usada da planta são as flores.  A lavanda é muito usada para extração do óleo aromático. Possui  diversas propriedades medicinais tais como calmante, relaxante e para tratamento das vias respiratórias.

Foto:  Pixabay   lavandas na Provence - França
Foto: Pixabay   – Lavandas na Provence – França

* Existem diversas espécies de lavandas: Lavandula denticulata, Lavandula stochea,  Lavandula  angustifolia  ou L. officinalis (lavanda inglesa, alfazema – esta espécie que é a cultivada na França. As flores delicadas das lavandas são sempre visitadas por abelhas e borboletas.

Foto:  Pixabay  flor de lavanda  - lavender  flower
Foto: Pixabay    – flor de lavanda – lavender flower

Para cultivar lavandas, primeiramente tem que ter sol. É importante que o solo seja uma mistura de areia com composto orgânico e bem drenado. A água para a  lavanda não pode faltar, mas não se deve molhar demais, gosta de  solo seco entre as regas. A lavanda é uma planta de crescimento  rápido e quando os ramos crescerem demais, podem ser podados de leve.

Foto: Pixabay - Lavandas  flores
Foto: Pixabay – Lavandas flores

Pode se usar as flores da lavanda para fazer saches perfumados, enfeitar vasinhos para a casa  e também na culinária para sorvetes e biscoitos.

Foto: Helena Schanzer - Lavanda denticulata
Foto: Helena Schanzer – Lavanda denticulata – espécie mais usada aqui no sul

 

Foto  Pixabay  table-decorations-
Foto: Pixabay – vaso com lavanda

 Veja também Como ter árvores frutíferas no apartamento

* Plantas medicinais no Brasil, Nativas e exóticas. Harry Lorenzi e F.J. Abreu Matos. Instituto Plantarum, 2002.

Siga Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

 

 

 

 

Terraço de apartamento se transforma em jardim com soluções criativas

O projeto e a execução de um jardim com soluções criativas transformaram um terraço de apartamento em uma agradável área de lazer e descanso. A proprietária buscava um local onde chegasse da jornada de trabalho, pudesse relaxar, ter contato com a natureza e as plantas. A agrônoma paisagista que escreve este Blog criou a área verde.  Hoje, ela tem  um jardim feito de vasos de diferentes tamanhos. Neste espaço se cultivam árvores  como pitangueira e limoeiro, além de jasmim, lavandas, rúcula, morangos e temperinhos.

Terraço com jardim, hidromassagem. Ecotelhado© sobre as telhas
Terraço com jardim, hidromassagem. Ecotelhado© sobre as telhas

 

A arquiteta Regina Albuquerque e Souza projetou o apartamento e a área externa. Criou um recanto com hidromassagem onde se pode contemplar as estrelas. Eu planejei a vegetação, os vasos e os substratos para ambientar o terraço. E a cliente foi dando seu toque pessoal com  a escolha dos materiais, cores, estilos e objetos de decoração. A iluminação com lampadas Led foi fundamental para dar o toque e usar a área à noite. Sobre o telhado da sala, foi colocado o “Ecotelhado©” para humanizar o ambiente e melhorar o conforto térmico e visual.

Acompanhe na galeria de fotos o ANTES e o DEPOIS da transformação deste terraço de apartamento neste  jardim!

 

 

Veja vasos com plantas que decoram e humanizam os ambientes internos

Vasos com folhagens são ótimas opções para decorar a casa e humanizar o ambiente deixando-o mais aconchegante. Neste apartamento, vasos de vidro funcionam como cachepôs com espécies de plantas que se desenvolvem dentro de casa. Os vasos foram distribuídos pela casa conforme a adaptabilidade de cada espécie de planta às condições de luminosidade.  Na sala, a luminosidade permite que se cultive asplênio, antúrio vermelho, orquídea cimbydium e a planta carnívora. Os vasos são de vidro e  foram preenchidos com cascas de árvore e o vaso da planta  colocado dentro.  Este apartamento e a cobertura tiveram projeto de arquitetura de interiores desenvolvido e executado pelas arquitetas Anne Bryk e Bibiana Fiterman. Os vasos de vidro com as plantas foram selecionados e colocados pela engenheira agrônoma Helena Schanzer. Os cuidados de manutenção são regas eventuais,  adubo líquido de 2 em 2 semanas , pulverizar água na planta e retirar as folhas secas.

orquidea
Foto: Helena Schanzer – Orquidea Cimbydium com flor amarela – Dura 2 meses com flores
asplenio
Foto: Helena Schanzer – Asplenio

A lança de são jorge, Sanseviera cilindrica, foi plantada em um vaso de vidro com rodízios de forma que pode ser deslocada uma vez por semana para fora do lavabo para tomar luz.

sansevieira cilindrica em vaso de vidro 2
Foto: Helena Schanzer – Sanseviera cilindrica – lança de são jorge – não precisa de muita luz
sanseviera cilindrica -jardim-paisagismo
Foto: Helena Schanzer – Sanseviera cilindrica no lavabo – para locais com pouca luz natural

 

 

Dica de planta para cultivar dentro de casa: Dracaena fragans -pau d'água

Você gosta de ter plantas dentro do escritório, do apartamento ou de casa?  As plantas enfeitam e humanizam o ambiente dando um toque aconchegante ao espaço. Existem folhagens adequadas para locais internos, onde não temos sol direto. Esta semana vou apresentar uma planta bastante resistente para ter dentro de casa e fácil de cuidar. Para mantê-la saudável basta regar e adubar eventualmente.

A planta é  o Pau d’ água  (Dracaena fragans), um arbusto que quando plantado na terra cresce entre 3 a 6 metros de altura.  Muito vendido em pedaços do tronco de onde brotam as folhas e ficam com o aspecto da foto abaixo. Esta planta fica bacana quando colocada dentro de cachepô para enfeitar o interior da casa, ver a foto mais abaixo. São tolerantes a locais com média luminosidade natural. Pode-se também borrifar água nas folhas para aumentar a umidade no entorno da planta.

pau dagua  jardinagem  paisagismo blog jardim de helena
Foto: Helena Schanzer – Dracaena fragans -Pau-d’água
Foto: Helena Schanzer pau-d´água em cachepô em escritório

 

 

 

 

Dica de planta para cultivar dentro de casa: Dracaena fragans -pau d’água

Você gosta de ter plantas dentro do escritório, do apartamento ou de casa?  As plantas enfeitam e humanizam o ambiente dando um toque aconchegante ao espaço. Existem folhagens adequadas para locais internos, onde não temos sol direto. Esta semana vou apresentar uma planta bastante resistente para ter dentro de casa e fácil de cuidar. Para mantê-la saudável basta regar e adubar eventualmente.

A planta é  o Pau d’ água  (Dracaena fragans), um arbusto que quando plantado na terra cresce entre 3 a 6 metros de altura.  Muito vendido em pedaços do tronco de onde brotam as folhas e ficam com o aspecto da foto abaixo. Esta planta fica bacana quando colocada dentro de cachepô para enfeitar o interior da casa, ver a foto mais abaixo. São tolerantes a locais com média luminosidade natural. Pode-se também borrifar água nas folhas para aumentar a umidade no entorno da planta.

pau dagua  jardinagem  paisagismo blog jardim de helena
Foto: Helena Schanzer – Dracaena fragans -Pau-d’água
Foto: Helena Schanzer pau-d´água em cachepô em escritório

 

 

 

 

Quer ter flores sempre em vasos e no jardim? Cultive gerânios

Gerânios são flores fáceis de cultivar tanto em vasos como no jardim.  A única exigência é sol, muito sol. E claro, regar de vez em quando.  Estas plantas não gostam de muita umidade e nem de muita água.  Preferem um  substrato*  bem drenado, arenoso e com composto orgânico na mistura. Para que floresça em abundancia é bom adubar de vez em quando. A dica para estar sempre florido é simples: retire sempre as flores que forem secando.  E outra dica: adube de 15 em 15 dias com  um adubo líquido específico para floração.

 Geranios eretos cor vermelha
Foto: Pixabay – Geranios eretos cor vermelha

Existem diversas variedades de gerânios (Pelargonium sp.) de várias cores, formato de flores, de porte ereto ou pendente (para usar em floreiras).  Gerânios não gostam de solos encharcados, por isto menos água é mais para estas plantas. Preferem solos secos entre as regas. O solo úmido desencadeia o aparecimento de bactérias e fungos causando o aparecimento de doenças (surgem manchas amarelas e marrom nas folhas). Se isto acontecer, diminua a água e retira as folhas com manchas.

geranium- pixabay  rosa
Foto: Pixabay – Geranios eretos cor rosa
geranium-141553_1280 pioxabay
Foto: Pixabay – Geranios eretos cor vermelha
pixabay geranio branco
Foto: Pixabay – Geranios eretos cor branco
pixabay ger
Foto: Pixabay – Geranios eretos cor rosa
edelgeranie-680846_1280 pixabay
Foto: Pixabay – Geranios – centro da flor

* Substrato: é a mistura que fazemos para plantar em vasos, floreiras ou direto no solo do jardim. E o que se mistura no substrato?  Coloca-se nesta mistura materiais para dar condições que a planta se desenvolva, cada um deles na proporção  determinada. São eles: areia, composto orgânico, casca de côco, casca de pinus, humus de minhoca,  calcário, fosfato, cinasita, vermiculita, adubos granulados.  Cada espécie de planta possui uma necessidade especifica e o substrato deve atendê-las para que a planta se desenvolva e dê flores e frutos.

 

Sabia que existem flores que são comestíveis e saborosas?

Você sabia que existem flores comestíveis e saborosas?  Estamos acostumados a comer flores como brócolis, couve-flor e não nos damos conta que são flores de plantas.  A novidade é que hoje existem fazendas especializadas no plantio de flores comestíveis e o mercado da alta gastronomia é o grande consumidor. Cultivam-se flores coloridas e atrativas para saborear  e enfeitar os pratos.  Flor não engorda, tem nutrientes e as calorias  equivalem as de uma verdura. Devem ser consumidas flores cultivadas sem agrotóxicos e apropriadas para este fim.

Foto: Pixabay - flor de cravina
Foto: Pixabay – flor de cravina

Preste atenção, porque existem muitas flores que são tóxicas,  antes de consumir, informe-se que flor está pensando em comer. Segue uma lista das flores comestíveis mais cultivadas e consumidas.  A planta Capuchinha (Tropaelum majus), também chamada de Chagas, é uma herbácea rasteira que gosta de sol.  Planta de fácil cultivo, se alastra pelo canteiro. As flores de cor vermelha, laranja, branca e amarela são muito ornamentais.   A flor é usada  crua em saladas.

pixabay chagas
Foto: Pixabay – Flor-de-chagas, capuchinha

A planta conhecida como Amor-Perfeito (Viola tricolor) é uma herbácea perene  com flores vistosas e coloridas. Gosta do clima frio e é bem rústica. As flores  tem textura aveludada e sabor refrescante. Boa para saladas ou para aromatizar vinagres.

Foto: Pixabay  - amor perfeito
Foto: Pixabay – amor perfeito

A rosa (Rosa sp.) é uma flor  usada com ornamental e por suas propriedades aromáticas e culinárias. São dezenas de espécies de roseiras de diversas cores, algumas arbustivas, outras trepadeiras. A utilização da flor da roseira é muito tradicional na cozinha árabe. É usada em cremes e sorvetes. As pétalas da rosa podem ser  usadas em limonadas e sumos de laranja para dar um toque exótico. Além de saborosa quando usada em saladas e como ingrediente de doces e salgados.

rose-715396_1280
Foto:Pixabay – roseira

A flor da planta cravina (Dianthus chinensis) é  muito usada para enfeitar pratos  em restaurantes espanhóis. A flor da cravina é o ingrediente de saladas, sobremesas doces e saladas de frutas.

Foto: Pixabay – Dianthus barbatus – Cravina

As flores comestíveis  são usadas dentro do gelo para enfeitar as bebidas ao servir.  Na alta gastronomia são muito usadas: a flor de alface,  a flor da pimenta (o sabor da flor lembra a pimenta, mas é suave, a flor do manjericão e a flor da erva-doce.   Nas fazendas de cultivo de flores comestíveis, após a colheita, as flores são higienizadas e armazenadas na geladeira. Podem durar até 7 dias se devidamente embaladas e resfriadas.  E agora, após aprender sobre as flores comestíveis , você vai enxergar as flores com outros olhos!!!