Arquivo da tag: jardim

Bem estar: porque o contato com a natureza e com as plantas é tão relaxante e revigorante?

O contato com a natureza tem o poder de aliviar o estresse da vida urbana e proporcionar bem estar. Diversas pesquisas e estudos realizados nas últimas décadas nos Estados Unidos e na Suécia buscaram descobrir como a vegetação melhora o bem estar mental e a saúde das pessoas. Afinal, porque é tão relaxante e revigorante estar no meio da natureza e das plantas?

malinois-662776_1280
Estar no meio da natureza é relaxante e revigorante -Foto Pixabay

Desde 1980, um casal de professores de psicologia norte americanos, Kaplan & Kaplan*, são conhecidos por suas pesquisas sobre o efeito da natureza e do ambiente nas relações comportamentais e na saúde das pessoas. Estes estudos têm impactado no modo como os profissionais das áreas de arquitetura, urbanismo, paisagismo, design e outras ciências humanas visualizam a relação do homem com a natureza. Isto passou a influenciar gerações de psicólogos ambientais e designers.  Alguns dados interessantes que o casal Kaplan descobriu em suas pesquisas sobre psicologia ambiental e ambientes para as pessoas:

– Quando realizamos atividades que precisam de muita atenção e foco, gera fadiga mental e o remédio para tal fadiga é expor-se à natureza.

– Para que a natureza tenha um efeito relaxante, é preferível um lugar com alto poder de fascinação que trará mais benefícios para o usuário. Por exemplo, o mar, ou uma área verde com elemento com água, com fogo, ou um parque.

plant-214346_1280
Paisagens naturais  com alto poder de fascinação trazem mais benefícios para o expectador- Foto: Pixabay

–  Pessoas que trabalhavam em escritórios com uma vista da natureza eram mais felizes e mais saudáveis ​​no trabalho. E, estar em ambientes naturais levanta o humor das pessoas e aumenta a capacidade de concentração.

 Outras pesquisas na área da psicologia ambiental e saúde concluíram que:

–  Pessoas que se exercitam em ambientes externos agradáveis, ​​tendem a andar mais do que aqueles que caminham dentro de interiores ou em torno de seus bairros.

Bairros com mais áreas verdes podem proporcionar mais ambientes para exercitar-se

– As pessoas que possuem jardim, ou mesmo uma sacada com luz e sol e um pouco de paz e silencio para relaxar  após um dia de trabalho, se cansam menos e sentem menos estresse.

– Quanto mais próximo se mora do centro da cidade, mais estresse, dor de cabeça e irritação se apresenta.

– Jovens que moram em bairros com áreas verdes, tendem a se exercitar mais e mantêm melhores índices de massa corporal.

tree-690363_1280

Não há como dissociar o homem da natureza. O ser humano depende dela para se alimentar e obter recursos como a água, a terra, as plantas, os animais, os oceanos, a energia dos ventos, do sol. O ar que respiramos é oxigenado e umidificado pela vegetação. Sem as plantas não existiríamos porque não teríamos o oxigênio do qual dependemos para viver. As plantas são tão importantes para nossa vida que devemos cultivá-las perto de nós. Em todos lugares devemos ter espaços verdes para restabelecer nossa energia vital, para respirar ar puro, refrescar o ar e receber luz e sol para estimular nossa saúde e bem estar. As pessoas precisam frequentar parques, jardins e áreas verdes para ter o corpo e a mente saudáveis.

parque Lage no Rio de Janeiro
Parque Lage no Rio de Janeiro – área verde no meio da cidade do Rio de Janeiro – foto: Helena Schanzer

 

* Humanscape: Environments for people. Stephen Kaplan &Rachel Kaplan. 1982. Ulrich’s Books, Inc. Ann Arbor, Michigan.

Cores no jardim: Azaléas começaram a florescer

As azaléas e suas flores coloridas apareceram mais cedo este ano. Normalmente elas começam a floração em meados de agosto, prenunciando a primavera. Mas este ano, a temperatura baixou muito,e fez bastante frio uns 2 dias. Depois aqueceu bastante, como ontem.  Elas se confundiram, frio/calor, será primavera já?  E os botões florais se abriram!  Azaleas são fáceis de plantar e você garante flores e cores no seu jardim.

azalea  indica
Foto:  Pixabay- Botão da flor da Azalea indica, azaléa

A azalea é um arbusto originário da China de 1 a 2 metros de altura. O genero Azalea engloba um grande grupo de arbustos lenhosos muito floríferos. A espécie mais difundida por aqui é a espécie Azalea indica. Existe também uma variedade anã da planta e costuma ser mais sensível que a de tamanho normal. As folhas são semi -caducas, ou seja, no outono parte delas caem. As flores das azaléas vão de tons de rosa, vermelhos, branco e até tons alaranjados. É uma planta que aprecia clima frio e úmido. Se dá muito bem na Serra, onde floresce intensamente. Você pode plantar a azaléa em vaso, floreira e no jardim na terra direto. Precisa molhar nos períodos de seca, ela gosta de solo levemente úmido.

azalea-
Foto:  Pixabay – flor da Azalea indica

Esta planta dá o toque de cor  no jardim na época da floração. Use e abuse das azaléas no jardim para ter um super colorido quando tudo está ficando cinza no inverno. Azaléa fica linda em maciços da mesma planta: faça grupos de 3, 5 , 7 azaléas  no jardim que a floração  em grupo será espetacular.

azaleas pink
Foto: Helena Schanzer – flor da Azalea indica cor sulferina

É muito rústica, gosta de solos levemente ácidos e bem adubados. Uma dica importante: faça a poda de manutenção da azaléa somente  após o término da floração. Porque após poucos meses depois da floração, a azaléa já começar a formar os novos botões florais para a próxima temporada. Se podar e cortar este botões, não terá flores.  Este é um motivo que muitas pessoas reclamam que a azaléa não dá flor: podou na época errada e retirou a gema floral!

azalea-287066_1280
Foto: Pixabay- flor da Azalea indica
azalea-110141_1280
Foto: Pixabay- Botão e flor da Azalea indica
Azalea indica - azaléa
Foto: Helena Schanzer- flor da Azalea indica cor sulferina

 

 

 

Faça um passeio pelo conservatório das flores em São Francisco, Califórnia

Conservatório de Flores -São Francisco -CA/EUA - Carnivoras
Foto: Helena Schanzer – Conservatório de Flores -São Francisco -Califórnia/EUA

Clique aqui e faça um passeio virtual pelo conservatório das flores em São Francisco, Califórnia

O Conservatório das flores é um museu vivo construído em 1877. Uma das construções mais antigas do Golden Gate Parque em São Francisco, Califórnia, é uma das poucas estufas vitorianas dos Estados Unidos. Diversas plantas tropicais são cultivadas nesta estufa gigantesca que tem uma extensão de 73 metros e com uma cúpula central que se eleva a 18 metros.   O Conservatório de flores poderia se chamar de estufa de plantas tropicais porque reúne mais de 2.000 plantas como orquídeas, bromélias, palmeiras, carnívoras e outras espécies de clima quente e úmido das florestas tropicais. Os jardins do parque são lindos com amplos gramados onde os visitantes aproveitam para tomar sol. 

 Conservatório de flores
Foto: Helena Schanzer – Conservatório de flores e gramados com canteiros floridos
 Conservatório de Flores -São Francisco -CA/EUA
Foto: Helena Schanzer – Conservatório de Flores -São Francisco -CA/EUA
gramados com flores
Foto: Helena Schanzer – Conservatório de Flores -São Francisco -CA/EUA

De Bórneo até a Bolívia, as 700 espécies diferentes do Conservatório de flores representam espécies da flora incomuns e ameaçadas de extinção de florestas tropicais de mais de 50 países do  mundo entre os Trópicos de Cancer e o Trópico de Capricórnio. Inclui a flora de vários países da América Central e do Sul, da África e do Sul da Ásia.  As florestas tropicais são ricas em diversidade: em um hectare você encontra 200 ou mais espécies de árvores em comparação com somente 10 a 15 espécies diferentes em florestas norte-americanas. Estas florestas que ao serem descobertas pareciam um recurso inesgotável, na virada do século se provou finito e, desde que o conservatório foi aberto até hoje, mais da metade destas frágeis  florestas desapareceram!!!

estufa espécies carnívoras, palmeiras e epífitas
Foto: Helena Schanzer –  plantas carnívoras, palmeiras, bromélias como o abacaxi e epífitas
estufa
Foto: Helena Schanzer -espécies carnívoras, orquídeas e epífitas
estufa  espécies de orquídeas, palmeiras e samambaias
Foto: Helena Schanzer –  espécies de orquídeas, palmeiras e samambaias
espécies de bromélias, filodendros e orquideas
Foto: Helena Schanzer -espécies de bromélias, filodendros e orquideas
espécies de bromélias e orquideas
Foto: Helena Schanzer  – espécies de bromélias e orquideas
Foto: Helena Schanzer - espécies de estrelizias, filodendros
Foto: Helena Schanzer – espécies de estrelizias, filodendros
epífitas
Foto: Helena Schanzer – espécies de epífitas: bromélias e orquideas

 

 

Conheça o jardim de uma cobertura de apartamento com varanda gourmet

O jardim de uma cobertura de apartamento com varanda gourmet têm várias espécies utilitárias plantadas. Diversos temperos, hortaliças e frutíferas estão à disposição do chef de cozinha. Árvores frutíferas como bergamoteira, limão, lichia, laranjinha do japão e plantas trepadeiras como a videira e o jasmim foram plantados em vasos nas sacadas e na cobertura do apartamento. A vegetação recém plantada neste mês emoldura a vista da cidade de Porto Alegre. Na primavera o jardim estará exuberante, com as plantas já mais desenvolvidas.

paisagismo - cobertura - jardim
Foto: Helena Schanzer – cobertura do apartamento com projeto de paisagismo

As arquitetas Anne Bryk e Bibiana Fiterman Costa fizeram o projeto de arquitetura de interiores do apartamento e da cobertura deixando tudo muito versátil, aconchegante e charmoso.  As arquitetas projetaram e executaram o deque de madeira com a piscina cujo design inclui um sofá e degraus que se pode sentar. Após a instalação do deque, as arquitetas e a cliente entraram em contato comigo para criar o jardim. Então, após visitas à floricultura com a cliente, elaboração do projeto de paisagismo e reuniões com a cliente, o jardim foi plantado em 1 dia. A equipe que realizou o plantio foi do engenheiro agrícola Egon Zounar. O recanto da mesa-de-estar ficou envolvido pela vegetação em vasos e floreiras. Com plantas de espécies ornamentais como Ave-do-paraíso, mandevila, clusia, camarões amarelos, cicas e gerânios criou-se o espaço para receber amigos e tomar um banho de piscina.  Quer saber como plantar? veja aqui o passo a passo para plantio de uma vaso com limoeiro e temperos.

vista geral da cobertura jardim paisagismo
Foto: Helena Schanzer – cobertura do apartamento com projeto de paisagismo

Os vasos são de plástico, duráveis, leves e bonitos. Foram escolhidos na cor marrom para combinar com o deque de madeira.

recanto cobertura paisagismo
Foto: Helena Schanzer – cobertura do apartamento com projeto de paisagismo

As arquitetas criaram uma horta vertical com painel de madeira e incorporaram a casinha do cachorro. A casinha do cão tem telhado verde com temperos, olhem fotos abaixo. Na horta gourmet temos pimenta, tomilho, hortelã, sálvia, cebolinha, tomate, manjericão, orégano, manjerona, erva cidreira e melissa.

DSC08580
Foto: Helena Schanzer – horta/painel -projeto e exec.  Arquitetas Anne Bryk e                                                                                                       Arq. Bibiana Fiterman Costa

 

varanda gourmet
Foto: Helena Schanzer – horta/painel -projeto e exec.  Arquitetas Anne Bryk e                                                                                                     arq. Bibiana Fiterman Costa
cobertura jardim e  o cachorro
Foto: Helena Schanzer – paisagismo com frutíferas
piscina e cicas paisagismo
Foto: Helena Schanzer – paisagismo com cica e tumbergia ereta
paisagismo em cobertura de apartamento - jardim
Foto: Helena Schanzer – paisagismo com cica, gerânios, pitanga-anã e dama-da-noite


Borboletas no jardim: polinizam as flores e indicam a qualidade ambiental

As borboletas são insetos delicados, com asas multicoloridas e são importantes na polinização das flores. Não é comum encontrarmos uma borboleta voando e colorindo a vida agitada da cidade grande. A poluição ambiental afeta diretamente a vida das borboletas. Por isso, a presença ou não de borboletas é um bom indicador da qualidade do ar de uma região. As borboletas frequentam lugares com ar mais puro e onde tenha vegetação porque na fase de lagarta precisa de alimento (devora as plantas!). Borboletas são muito utilizadas em estudos sobre conservação de habitats degradados porque necessitam de plantas e habitats específicos para sua sobrevivência. Por essa razão são muito vulneráveis a degradação ambiental, respondendo rapidamente às mudanças na vegetação e no clima.

Foto  Pixabay  butterfly-144053_1280
Foto: Pixabay – borboleta

Não se iluda com a delicadeza e aparente fragilidade de uma borboleta. Existem espécies de borboletas que durante o frio migra para lugares mais agradáveis e percorrem mais de 2000 km a procura de um ambiente melhor para sua sobrevivência. Voador poderoso desloca-se até durante a noite. Algumas espécise usam técnicas de camuflagem e mimetismo para escapar de seus predadores.

borboleta  jardinagem paisagismo
Foto: Pixabay – borboleta

As borboletas se alimentam de folhas de urtiga, pequenas lagartas, néctar de flores e partes de frutas em decomposição. Existem muitas espécies de borboletas. As borboletas são importantes polinizadoras de diversas espécies de plantas e alimentam-se de líquidos variados. Quase todas as espécies de borboletas são ativas durante o dia. O corpo da borboleta é muito leve, as asas são muito largas, e mesmo assim ela acaba conseguindo pousar na flor aberta, de onde suga o néctar adocicado. As borboletas existem em todas as partes do mundo, com exceção das regiões glaciais.

butterflies - borboletas - bioindicador- paisagismo
Foto: Pixabay – borboletas sugando o néctar das flores de Poinsetia sp- flor de papagaio

As borboletas possuem escamas coloridas nas asas e apresentam 4 fases distintas em seu desenvolvimento: Fase jovem: ovo, lagarta –  Fase adulta: crisálida – transformação e borboleta.

As fases de ovo, lagarta e pupa duram cerca de 3 meses e meio. O tempo de vida da borboleta adulta pode chegar  3 a 6 meses variando conforme a espécie. Após a eclosão dos ovos, as lagartas se alimentam das plantas onde se encontram. As lagartas possuem cores variadas e corpo vermiforme, recobertos por cerdas, que podem ser urticantes. As lagartas são especificas na escolha do vegetal que irão comer e parasitar. Existe a  lagarta da couve, do maracujá. Algumas lagartas são consideradas pragas extremamente prejudiciais às plantações como a lagarta-do-cartucho do milho, a principal praga da cultura no Brasil. Há larvas que se alimentam de cereais e tecidos, o que pode causar danos às indústrias têxteis e de processamento de grãos.
Algumas lagartas, como as taturanas (ou taturana do tupi que significa semelhante ao fogo), possuem importância médica devido à presença de pêlos urticantes e secreções potencialmente perigosas que podem provocar sérias queimaduras ou até morte.

Borboletas saindo do casulo - metamorfose
Foto: Pixabay – borboletas saindo do casulo – metamorfose

Uma das formas eficientes de controlar as lagartas que atacam plantas  é a utilização do Bacillus turingensis, que é uma bactéria que parasita a lagarta causando sua morte em 1 a 2 dias. Este controle é biológico e não causam danos ao meio ambiente. Compra-se o pacote de inoculante com os Bacillus e pulveriza-se com água na planta atacada.

Borboleta- jardinagem - paisagismo - bioindicador
Foto:Pixabay – Borboleta buscando o néctar da flor da Ixora sp.
butterfly-722242_1280
Foto: Pixabay – borboleta buscando néctar da flor
lagarta de borboleta
Foto: Pixabay – lagarta da borboleta
large-copper-177378_1280
Foto: Pixabay – borboleta
Foto  Pixabay  lagartas comendo folha
Foto: Pixabay – lagartas de borboletas comendo folha
Foto Pixabay lagarta
Foto: Pixabay – lagarta de boerboleta
maple-moth-183186_1280
Foto: Pixabay – lagartas de borboleta

Idéias para presentear as mães: flores em bulbos Jacinto holândes e Amarilis

Se você ainda não comprou o presente para a sua mãe querida, então aí vai uma idéia: flores em bulbos!  São surpreendentes quando as folhas começam brotar  e lindas quanto tem  início a brotação floral.  Elas desabrocham lentamente, cada dia abre um pouco. Em um mês as flores do jacinto (Hyacinthus orientalis) se abrem.  Flores em bulbos são fáceis de cultivar. O bulbo é esta “batata” que você vê na primeira foto.  No Brasil encontramos os bulbos para vender nos meses de março à junho. O  jacinto é originário de clima frio, indicada para o sul do país. Planta-se o bulbo no outono para que na primavera tenha flores.  A flor  Amarilis também é um bulbo que se comporta como o jacinto e é mais adaptado ao clima quente. Os bulbos também podem ser cultivados em frascos apropriados  de vidro mantidos com água  até a base do bulbo.  Acompanhe nas fotos a brotação do jacinto.

hyacinth-620389_1280
Foto: Pixabay – Bulbo de jacinto começando a brotar
hyacinth-620387_1280
Foto: Pixabay – Bulbo de jacinto brotando
garden-hyacinth-49793_1280 (1)
Foto: Pixabay – Bulbo de jacinto – Flores começando a brotar
hyacinth-657492_1280
Foto: Pixabay – flores de jacinto começando a brotar

 

vase80_19-1-2012
Foto: Pixabay – flores de jacinto – observe o vidro com água e as raizes!
Foto: Divulgação www.crocus.com.uk  - Jacinto com flores
Foto: Divulgação www.crocus.com.uk – Jacinto com flores  plantados em vasos com terra

Flores são uma ótima dica de presente para o dia das mães

Presentear sua mãe com flores sempre agrada. As flores simbolizam alegria, sensibilidade, amor: todas estas qualidades reunidas em um só presente. Flores trazem uma energia boa para casa. Melhor ainda são as flores plantadas em vasos que podem durar para sempre. Selecionei algumas flores em vasos (com terra) que duram bastante tempo e não precisam de cuidados especiais além de rega e luminosidade. Orquídeas dos mais diversos tipos e cores, violetas-africanas, begonias, petunias e antúrios são alguns exemplos de flores que sua mãe vai adorar receber!

orquideas coloridas
Foto: Helena Schanzer – orquídeas: Phaleonópsis, Laelias e outras espécies
Foto  Helena Schanzer   Begonia holandesa
Foto: Helena Schanzer – Begonia holandesa 
Foto Helena Schanzer - violetas africanas
Foto Helena Schanzer – violetas africanas
anturio vermelho
Foto: Helena Schanzer – anturio vermelho  
Foto: Helena Schanzer - petunias
Foto: Pixabay – petunias

 

 

Praia do Rosa, em SC: plantas tropicais nas ruas e jardins

A vegetação da praia do Rosa, em Santa Catarina, é exuberante. As plantas tropicais abundantes em todos locais deixam o visitante extasiado. O mar e a lagoa são a atração principal emoldurados pela diversidade de espécies da mata atlântica e de espécies tropicais que encantam devido às flores, cores, perfumes e formatos. Estão plantadas em toda parte: nas ruas, caminhos e jardins da praia do Rosa.  Lá se pode cultivar muitas espécies tropicais que aqui no Rio Grande do Sul  sofrem e até morrem com o frio e com as geadas (a geada “queima” a planta). As plantas das fotos a seguir são de fácil cultivo, adaptadas e resistentes.

Foto: Helena Schanzer - caminhos no Rosa
Foto: Helena Schanzer – caminhos no Rosa – Solar do Mirador Exclusive resort

A convite do www.deuochic.com fomos conhecer os jardins da Solar Mirador Exclusive Resort.  Os jardins são formados por plantas tropicais, algumas nativas e outras exóticas. Bromélias de várias espécies, marantas, bananeiras, palmeiras, samambaias e dracenas  formam exuberantes jardins como vemos na fotos acima e abaixo.

Foto: Helena Schanzer jardim -Solar Mirador Resort-Praia do Rosa/SC
Foto: Helena Schanzer jardim -Solar Mirador Resort-Praia do Rosa/SC.

O Solar do Mirador Exclusive Resort da praia do Rosa tem uma área de mata nativa preservada e ocupa apenas 5% do total. O projeto da pousada é do arquiteto Mario Quintana e o de paisagismo é do agronômo Kiko Simch.

Foto: Helena Schanzer – bromélia na árvore no jardim do Solar Mirador.

Nas ruas da praia do Rosa o arbusto malvavisco é muito usado como cerca viva. O   Malvaviscus arboreum – malvavisco*,  originário do México e norte da América do Sul , chega a 3 metros de altura. O pássaro beija-flor visita muito as flores vermelhas do malvavisco para sugar o néctar. Esta planta não tolera geadas.

Foto: Helena Schanzer - Flor do malvavisco - muito visitado por beija flores
Foto: Helena Schanzer – Flor do malvavisco – muito visitado por beija flores

No outono, a floração que mais chama a atenção  na paisagem da região é um arbusto de flor amarela que parece uma margarida amarela enorme. Pesquisei e descobri que não é nativa do local, é uma planta de origem mexicana que se adaptou bem demais e se alastra por tudo.

planta nativa flor amarela- Tithonia diversifolia - girassol mexicano- México
Arbusto com  flor amarela- Tithonia diversifolia* – girassol mexicano- México
Foto: Helena Schanzer  margaridas amarelas
Foto: Helena Schanzer -Tithonia diversifolia* – girassol mexicano

Uma planta que cobre os muros com vigor é a Tumbergia grandiflora*, tumbérgia roxa, trepadeira de flor roxa resistente e nativa da Índia.

Foto: Helena Schanzer - caminhos da praia do Rosa
Foto: Helena Schanzer – caminhos da praia do Rosa
Foto: Helena Schanzer - Tumbergia grandiflora
Foto: Helena Schanzer – Tumbergia grandiflora
Foto: Helena Schanzer  - Bananeiras no jardim do Village Rosa -Praia do Rosa - imbituba/SC
Foto: Helena Schanzer – Bananeiras no jardim do Village Rosa -Praia do Rosa – Imbituba/SC

 

 

*Plantas ornamentais no Brasil  Arbustivas, herbáceas e trepadeiras. Harri Lorenzi e Hermes M. de Souza. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2001.

 

 

Quer ter flores sempre em vasos e no jardim? Cultive gerânios

Gerânios são flores fáceis de cultivar tanto em vasos como no jardim.  A única exigência é sol, muito sol. E claro, regar de vez em quando.  Estas plantas não gostam de muita umidade e nem de muita água.  Preferem um  substrato*  bem drenado, arenoso e com composto orgânico na mistura. Para que floresça em abundancia é bom adubar de vez em quando. A dica para estar sempre florido é simples: retire sempre as flores que forem secando.  E outra dica: adube de 15 em 15 dias com  um adubo líquido específico para floração.

 Geranios eretos cor vermelha
Foto: Pixabay – Geranios eretos cor vermelha

Existem diversas variedades de gerânios (Pelargonium sp.) de várias cores, formato de flores, de porte ereto ou pendente (para usar em floreiras).  Gerânios não gostam de solos encharcados, por isto menos água é mais para estas plantas. Preferem solos secos entre as regas. O solo úmido desencadeia o aparecimento de bactérias e fungos causando o aparecimento de doenças (surgem manchas amarelas e marrom nas folhas). Se isto acontecer, diminua a água e retira as folhas com manchas.

geranium- pixabay  rosa
Foto: Pixabay – Geranios eretos cor rosa
geranium-141553_1280 pioxabay
Foto: Pixabay – Geranios eretos cor vermelha
pixabay geranio branco
Foto: Pixabay – Geranios eretos cor branco
pixabay ger
Foto: Pixabay – Geranios eretos cor rosa
edelgeranie-680846_1280 pixabay
Foto: Pixabay – Geranios – centro da flor

* Substrato: é a mistura que fazemos para plantar em vasos, floreiras ou direto no solo do jardim. E o que se mistura no substrato?  Coloca-se nesta mistura materiais para dar condições que a planta se desenvolva, cada um deles na proporção  determinada. São eles: areia, composto orgânico, casca de côco, casca de pinus, humus de minhoca,  calcário, fosfato, cinasita, vermiculita, adubos granulados.  Cada espécie de planta possui uma necessidade especifica e o substrato deve atendê-las para que a planta se desenvolva e dê flores e frutos.

 

Faça você mesmo seu jardim na cobertura

Numa cobertura de apartamento, o casal que curte decorar e arrumar a casa,  construiu seu próprio jardim. Inclusive a montagem do sistema de irrigação por gotejamento As plantas contribuem para criar um ambiente acolhedor e humanizado.

Foto: Helena Schanzer - cobertura de apartamento com trepadeiras: jasmim miúdo, liriopsis e bouganvilea rosa pink
Foto: Helena Schanzer – cobertura de apartamento com trepadeiras: jasmim miúdo, liriopsis e bouganvilea rosa pink
Buxus em vasos
Foto: Gabi Hess – Buxus e oliveira em vasos

O casal gosta de receber os amigos em casa junto com os 2 filhos. Para isto, a Gabi transformou esta cobertura num jardim verdejante e refrescante. A mesa na cobertura para receber as visitas tem cadeiras modelo Masters do designer francês Philippe Starck.

mesa na cobertura com jardim
Foto: Helena Schanzer – Decoração da  cobertura e jardim: criação by Gabi Hess

 

Para criar este oásis verde, o casal Gabriela e Eduardo Hess uniu seus talentos: ela criou os espaços com vasos e floreiras plantando espécies de jasmim perfumado, temperinhos, suculentas, oliveiras, flores e enfeitou com mimos e encantos. Duplicou o verde com espelhos estrategicamente posicionados.  Onde o olhar mira, vemos um detalhe criado pela Gabi.   A Gabi é designer têxtil e tem uma confecção de homewear e este olhar apurado para os pequenos detalhes ela transpõe para o jardim.   Olha estas flores de cerâmica enfeitando o canteiro!

flores de ceramica
Foto: Gabriela Hess  – Detalhes by Gabi

Eduardo Hess é consultor de empresas e curte fazer as tarefas do jardim para relaxar. Diante da tarefa de molhar as plantas, em especial quando se ausentavam em viagens, Eduardo decidiu investir na irrigação. Foi feito um grande investimento em vegetação e em vasos, então vale a pena cuidar.

Foto: Helena Schanzer - Faça voce mesmo  o sistema de irrigação
Foto: Helena Schanzer – Faça voce mesmo o sistema de irrigação

Eduardo planejou e fez o sistema de irrigação para todos os vasos. Entrou na internet, comprou através de um site o sistema de irrigação por gotejamento com timmer (minicomputador para programar a irrigação) de Miami. Depois adaptou o sistema criando novos ramais conforme a necessidade de água de cada planta com adaptadores comprados por aqui mesmo.

gotejador no vaso
Foto: Helena Schanzer – gotejador no vaso do jardim

 

piscina com o jardim
Foto: Helena Schanzer – Jardim na cobertura criado pela Gabi:  oliveiras e buxus
suculentas
Foto: Helena Schanzer – vasinhos com suculentas by Gabi Hess

Para que fique tudo bem cuidado, a Arteplantas faz a manutenção mensal através da poda e da limpeza das plantas, além  da adubação. Estas tarefas a Gabi gosta de acompanhar para que o jardim esteja sempre lindo. Muitas plantas da cobertura tem valor afetivo por serem presentes de amigos e outras por que acompanham eles desde que eram recém casados.  Então, se inspirou para fazer o seu próprio jardim?

http://gabihess.com/

 

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter