Arquivo da tag: Paisagismo

Idéias de caminhos para o jardim

Caminhos no jardim bem desenhados e com plantas interessantes fazem toda a diferença. Selecionei jardins que criei  que possuem caminhos com pisos diferentes e ladeados de plantas para você se inspirar.

escada com lavandas
Escada com lavandas e madressilva projeto arquitonico Marion Feldman e paisagismo Helena Schanzer
jardim na serra - arquitetura Jose Wilosn & Wagner Brasil e paisagismo Helena Schanzer
Caminho em basalto com ciprestes, cicas e agapantus – Jardim e foto by Helena Schanzer
trilha
Trilha em área de preservação permanente em condomínio jardim e foto by Helena Schanzer

 

Sicredi: projeto arquitetonico de Milton Campos e Carlos Morganti, paisagismo Helena Schanzer
A floreira é o banco foto: Helena Schanzer
Projeto de jardim em parceria com Santini &Rocha Arquitetos em 2003
Passeio no jardim do Tecnopuc – foto e jardim by Helena Schanzer

 

jardim residencial com arq. Helena Karpouzas   foto Eneida Serrano
Jardim residencial em parceria com arq. Helena Karpouzas foto Eneida Serrano

Veja porque as árvores são importantes e como escolher a espécie

Plante nativas no jardim

Lavandas trazem perfume e bem estar ao jardim

Horta e temperos: veja como cultivar

Veja Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook/Instagram/Twitter

 

Parque Esportivo e Campo de Futebol da PUCRS

Nos anos de 2002 a 2003 desenvolvi o projeto de paisagismo para a área de 3 hectares do Parque Esportivo da PUCRS. O projeto foi elaborado por equipe multidisciplicar da qual participaram: Santini & Rocha arquitetos, Arq. João Postiga, Arq. Bianca Giorgis, engenheira agrônoma Maristela Kuhn e eng. irrigação Rubens Voges. A execução foi feita em parceria com Cauhy jardins.

Espelho d'água
Espelho d’ água do parque -foto: Eneida Serrano

Plantas aquáticas foram plantadas no lago.

Vista geral do parque -foto: Eneida Serrano
Vista geral do parque -foto: Eneida Serrano
Árvores com placas identificação foto: Eneida Serrano
Árvores com placas identificação foto: Eneida Serrano

O estacionamento do Parque foi feito da seguinte forma: Imagine uma floreira gigante de concreto armado que serve como cobertura do estacionamento. E nesta floreira gigante foi criado uma campo de futebol de 10 mil m2 e uma pista de atletismo oficial e arquibancadas. Acompanhe nas fotos.

ao fundo se vê a Av. Ipiranga
Campo de futebol sobre o estacionamento foto: Eneida Serrano
Jardins nas rampas de acesso para o campo foto: Eneida Serrano
Jardins nas rampas de acesso para o campo foto: Eneida Serrano

Para desenvolver o projeto do campo de futebol, a engenheira agrônoma Maristela Kuhn foi a  responsável.  No acompanhamento da implantação, atuamos em parceria.

0028-pista-geral
Vista do campo de futebol foto: Eneida Serrano

Jardins do Tecnopuc

Em 2004, desenvolvi junto com a arq. Eliane Salvi, da Divisão de  obras da PUC e juntamente com a Santini & Rocha arquitetura, o projeto urbano-paisagístico dos primeiros prédios que foram contruídos no TECNOPUC. Seguem imagens da época com destaque para os recantos dos jardins.

0056-geral-com-dell-copia
Jardins em frente a DELL no TecnoPUC foto: Eneida Serrano
0002-detalhe
Jardins em frente a DELL e HP no TecnoPUC foto: Eneida Serrano

 

0006-detalhe-com-dell
Jardins foto: Eneida Serrano
Jardins em frente a DELL no TecnoPUC foto: Eneida Serrano
Jardins em frente a DELL no TecnoPUC foto: Eneida Serrano
0083-recanto-com-banco
Recantos – foto: Eneida Serrano

 

 

Voce gosta de comer pitanga? Plante uma pitangueira

A pitanga é uma fruta nativa pequena e saborosa que agrada crianças, adultos e os passarinhos. Nesta época do ano, está em plena frutificação. Já pensou em cultivar uma pitangueira em casa e comer o frutinho direto do pé? Dá pra plantar até em um vaso grande. A fruta é deliciosa, tem sabor adocicado, levemente ácido, medianamente rico em vitamina C. Existem variedades de fruto cor de vinho,  quase preto,  e outras, que quando maduras, o fruto fica na cor vermelha. Para mim, pitanga tem sabor de infância!

foot-pitanga-477020_1280
Pitanga foto: Pixabay

A pitangueira, de nome científico Eugenia uniflora, é uma árvore tropical de pequeno porte ( 6 a 12 metros) que cresce espontaneamente semeada pela avifauna ou plantada através de sementes e mudas. É possível comprar a muda da pitangueira de qualquer tamanho. Desde bem pequena ( e barata) até muda de árvore adulta, e preço alto. É uma árvore que aceita o transplantio, resiste bem. A pitangueira gosta de solo humoso e úmido  e de clima tropical.

Eugenia uniflora floração
Eugenia uniflora floração foto: Helena Schanzer

A pitangueira tem seu habitat natural *nas matas decíduas do Planalto e da Bacia do Paraná desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul, e nas restingas de toda costa brasileira.

pitangueira
Pitangueira foto: Helena Schanzer

Veja como cultivar árvores frutíferas em vasos , na sacada 

Como plantar a árvore no vaso: passo a passo

 

* Frutas Brasileiras e exóticas cultivadas, Lorenzi et al. São Paulo, Instituto Plantarum de Estudos da Flora. 2006.

Que tal uma sala de leitura em um jardim?

Vejam que criativo este espaço público no Jardim da Estrela em Lisboa, Portugal.   Criaram uma sala de estar e leitura ao ar livre, com biblioteca no meio do jardim. Para ter jeito de sala, colocaram até lustre. Todos móveis são cheios de estilo e design. Que idéia inspiradora!

jardim da Estrela em Lisboa
Sala de estar ao ar livre no Jardim da Estrela – foto: Gisela Unis

Este Parque público foi construído ao estilo dos jardins ingleses, de inspiração romântica. Possui 4,6 hectares e fica no Largo da Estrela, Lisboa, Portugal. Foi inaugurado em 1852, tem 164 anos!!!

257305ab-2312-46ae-884d-38772a143a5b
Poltronas e livros ao ar livre no Jardim da Estrela – foto: Gisela Unis

É administrado pela Câmara Municipal de Lisboa.   Possui dois parques infantis e um jardim de infância da Santa Casa da Misericórdia. No centro do jardim, a Câmara Municipal de Lisboa disponibiliza um quiosque da Biblioteca Municipal.

IMG-20160929-WA0005
Parque em Lisboa – sala de leitura ao ar livre foto: Gisela Unis
IMG-20160929-WA0006
Lendo no Jardim da Estrela – foto: Gisela Unis

 

IMG-20160929-WA0007
Sala no Jardim da Estrela – foto: Gisela Unis
IMG-20160929-WA0008
Sala de estar ao ar livre no Jardim da Estrela – foto: Gisela Unis

 

0412d324-8308-406f-b7f3-49846b6e4b69
Muitos ângulos de visão da sala no Jardim da Estrela – foto: Gisela Unis
8bf2d106-68f6-4256-8e91-d8c636a04b94
Sala de estar ao ar livre no Jardim da Estrela – foto: Gisela Unis
10a34348-331e-438f-90ac-f187a664b341
Biblioteca- quiosque ao ar livre no Jardim da Estrela – foto: Gisela Unis

E quando chove?  Recolhem tudo e depois colocam de novo no lugar! Simples!

 

Quer saber como fazer um jardim na sua casa?

Plantando árvores frutíferas no apartamento

Siga Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

Sabia que a oliveira é uma das árvores mais longevas?

A oliveira é uma das árvores com maior longevidade. Existem exemplares com mais de 2 mil anos de vida! A oliveira, Olea europae,  é originária da região do Mediterrâneo e pode atingir altura de 7 a 11 mt. O fruto da oliveira é a azeitona de onde se extrai o óleo de oliva, rico em propriedades medicinais. A árvore da oliveira é cultivada para exploração das azeitonas e também no paisagismo e arborização urbana devido ao seu aspecto ornamental e rusticidade. Hoje em dia, existe uma tendência de plantar oliveiras grandes no jardim.

oliveiras antigas com rebrotes prontas para plantio
Foto: Mauro Aguiar – Oliveiras antigas com rebrotes prontas para plantio em embalagens grandes

Para saber mais sobre esta planta bíblica, conversei com o engenheiro agrônomo Mauro Aguiar, que cultiva um viveiro especializado em oliveiras.

Porque esta moda ou tendência de plantar oliveiras aqui no sul?

Quando voltei em 2009 de Portugal eu sabia que logo a oliveira seria utilizada como ornamental, pois ela já era uma planta de eleição no paisagismo em todo o mundo. Também coincidiu com o início do movimento de plantação de pomares comerciais para a produção e azeite, o que só veio a divulgar mais a oliveira.

olives-357849_1280
Foto: Pixabay – Oliveiras
olives- oliveira paisagismo  blog jardim de helena
Foto: Pixabay – Oliveiras

Fale sobre as peculiaridades da oliveira, porque ela é uma árvore tão especial?

As oliveiras são muito usadas nos países do sul da Europa como plantas ornamentais, (Portugal, Espanha, França e Itália). Esta árvore acompanha a civilização ocidental desde o início com os fenícios, gregos e romanos. Por isto e por todas suas virtudes é conhecida como a “árvore da vida”. Cultivada às margens do mediterrâneo, tem forte ligação simbólica com as 3 principais religiões monoteístas: judaísmo, cristianismo e islamismo. Seus frutos, são consumidos após tratamento e produzem o azeite, alimento saudável por excelência e cada vez mais consumido no mundo inteiro.

olive-trees-108855_1280
Foto: Pixabay – Oliveiras  em Jerusalém, Israel – árvore milenar

Quais vantagens do uso de oliveiras?

São plantas muito  rústicas que toleram ambientes agressivos: litoral, ventos, salinidade, seca. As folhas tem um efeito interessante em dias de vento, pois a página inferior das folhas é exposta, dando um aspecto prateado à planta. São plantas muito adaptáveis à poda, podendo-se trabalhar a sua copa em diversos formatos: bola, taça, bonsai.  É uma espécie ainda pouco utilizada como ornamental no Brasil,  mas já se tem um procura cada vez maior por esta planta.

spain-745937_1280
Foto: Pixabay – Oliveiras na Espanha
Oliveiras antigas
Foto: Mauro Aguiar –  oliveiras antigas com rebrotes prontas para plantio em embalagens grandes

Como começaste a cultivar oliveiras?

Sabendo dessas qualidades das oliveiras, fiz uma plantação em 2010 de oliveiras em Taquara, RS e aos poucos o viveiro  foi se especializado em oliveiras, PalmSul. Comprei um campo em estado degradado de oliveiras com 75-80 anos de idade e passei a transplantá-las, tratá-las e enraizá-las em vasos de tela para serem utilizadas como ornamentais. Hoje o estoque já conta com acima de 250 plantas antigas e várias plantas jovens já envasadas em bags ou em fase de transplante para serem utilizadas em jardins.

olive-trees-, oliveira
Foto: Pixabay – Plantação de oliveiras

Quais dicas você dá para plantar a oliveira?

Como já comentado, é uma planta muito rústica. O único cuidado que devemos ter é mantê-la em pleno sol e evitar solos mal drenados, o que a oliveira não tolera. É uma planta excelente para floreiras e cachepots, adaptando-se a terraços ventosos e ensolarados. Pode ser plantada em um pequena elevação no jardim, com uma iluminação por baixo e criamos um forte ponto focal no jardim.

oliveiras  paisagismo jardinagem viveiro
Foto: Mauro Aguiar  – Oliveiras antigas com rebrotes prontas para plantio em embalagens grandes

 

 

É primavera, época de flores e perfumes no jardim

Hoje, 23 de setembro começa a primavera no hemisfério sul. O calor vai chegando devagar e os dias vão ficando mais longos.  No meu jardim, o Jardim de Helena, fui presenteada com várias espécies em floração. Mostro aqui para vocês. Muitas espécies são nativas e atraem beija-flores que vem para sugar o néctar das flores.

Lavandas, azaléas e pitosporo anão – foto: Helena Schanzer

Para termos sempre flores no jardim, temos que cultivar espécies exóticas adaptadas ao nosso clima e espécies nativas. As plantas nativas precisam de menos cuidado do que as plantas que são exóticas ou não adaptadas a região. As espécies nativas estão adaptadas ao clima e ao regime de chuvas daqui. Outro aspecto interessante, é que resistem mais as pragas e doenças porque tem os predadores naturais que são nativos também! As nativas são resistentes e dispensam maiores cuidados.

astromeria
Planta nativa: Astromeria em flor foto: Helena Schanzer

 

Foto: Helena Schanzer
Orquidea dendrobium , nativa Foto: Helena Schanzer
piracanta em floração
Arbusto piracanta em floração Foto: Helena Schanzer

Eu considero esta época ideal para plantar e organizar jardim. Depois do inverno e das chuvas, a primavera costuma ter clima fresco e seco. É hora de arrumar o jardim para aproveitar os dias quentes e logo, logo o verão. Inspire-se e comece a pensar nas plantas, no espaço verde que deseja ter para cultivar temperos, hortaliças, frutas e flores. Pense na qualidade de vida que gostaria de ter e lembre que a vegetação e a alimentação tem tudo a ver com isto.

Foto: Helena Schanzer
Planta nativa: Farroupilha Foto: Helena Schanzer

As plantas nativas atraem beija -flores.

salvia guaranitica
Espécie nativa: Salvia guaranítica foto: Helena Schanzer

Espécies com flor na primavera – fotos no Jardim de Helena

 

 

 

Lavandas são opções de plantas com perfume!

Porque estar no meio das plantas traz bem estar

Gerânio, cultive esta flor linda!

Suculentas são versáteis

 

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

 

Quer ter beija- flores visitando seu jardim? Cultive plantas nativas para atraí-los

Quer ter a visita de pássaros beija- flores na sua  sacada ou jardim?  Cultive plantas nativas que atraem esta pequenas aves que visitam as flores para se alimentar!

As plantas nativas são adaptadas ao nosso clima e resistentes quanto a doenças e pragas.

Escolhi  5 plantas incríveis que deixarão seu jardim florido e bem frequentado.

Abutilon_megapotamicum WIKIPEDIA
Foto: Wikipedia – Flor de Abutilon megapotamicum  –  Lanterninha do japão  – Arbusto pendente
Fuchsia regia - brinco de princesa
Foto: Helena Schanzer – Fuchsia regia – brinco de princesa – Arbusto pendente

 

Justicia floribunda - Farroupilha - Arbusto escandente
Foto: Helena Schanzer – Justicia floribunda – Farroupilha – Arbusto escandente
Foto: Helena Schanzer  -Salvia guaranitica -Salvia azul - Arbusto
Foto: Helena Schanzer -Salvia guaranitica -Salvia azul – Arbusto

 

Foto: Helena Schanzer - Ruellia coerulea - ruelia azul - Forração baixa
Foto: Helena Schanzer – Ruellia coerulea – ruelia azul – Forração baixa

As vantagens de cultivarmos espécies nativas é que elas duram muito tempo no jardim, não necessitam maiores cuidados, são menos exigentes quanto a rega e não ficam doentes. E a maior vantagem é que florescem o ano todo e atraem beija-flores trazendo vida para o jardim.

 

 

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

 

Cúrcuma: cultive esta planta medicinal e tempero poderoso

A Cúrcuma é a planta medicinal do momento. Este tubérculo de cor laranja, muito usado como tempero, tem sabor picante e aromático. O uso da cúrcuma na medicina da India e da China é milenar. Possui propriedades anti-inflamatória, anti-oxidativas, anti-hepatotóxica e anti-hiperlipidêmica. Em benefício da saúde deve ser incluída como tempero nas refeições diárias. A cúrcuma é da mesma familia botânica do gengibre e são bem parecidos (a cúrcuma é menor e por dentro é laranja, o gengibre é maior e por dentro é branco/amarelado. Pode ser cultivada no jardim ou em vaso.

açafrao da terra
Curcuma vendida com tempero em pó foto: Pixabay
Planta e flor da curcuma foto: Wikipedia Commmons

 

turmeric-943629_1280
cúrcuma, tubérculo tem cor alaranjada foto: Pixabay

Para usar a curcuma, retira-se a casca com uma faca. A parte laranja pode ser usada picada ou ralada como tempero. Raspas de curcuma são deliciosas misturadas durante o cozimento da comida no frango, no arroz , em tudo!

A cúrcuma, também chamada de açafrão-da-terra, de nome científico Curcuma domestica* é  originária da India. É conhecida como Turmeric no exterior.

 

Plantio da curcuma em etapas:           fotos Helena Schanzer

1. Deixe o tubérculo de curcuma de molho na água ate brotar. Colocar em vasos com terra fértil e cobrir completamente. Dar o acabamento com cobertura de folhas secas para proteger o solo e melhorar  a condição de umidade do solo.  Plante no sol e regue com frequência. Não gosta  de geadas.

*Plantas medicinais no Brasil, Nativas e exóticas. Harry Lorenzi e F.J. Abreu Matos. Instituto Plantarum, 2002.

Siga Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter

 

Flores coloridas e perfumadas: cultive plantas trepadeiras

A denominação “planta trepadeira” quer dizer um grupo de espécies que crescem com seu tronco e suas ramas flexíveis verticalmente e horizontalmente sobre um suporte. Este apoio pode ser um pergolado, um muro com treliça ou uma coluna. Escolhi 5 espécies que sempre planto nos jardins que faço, pelo menos uma delas!  Estas plantas dão um toque especial ao jardim através da floração devido ao perfume, o colorido ou o formato da flor. E atraem a avifauna. Todas estas plantas se adaptam muito bem aqui no sul. Toleram o frio e o calor, mas preferem um clima ameno. Podem ser cultivadas em vasos e floreiras.

1. Abutilon megapotamicum – lanterninha do Japão

O abutilon é nativo do Brasil. As flores tem formato muito interessante. Na verdade, a parte vermelha é o “cálice” (que é verde na maioria das espécies de flores) e a flor é amarela com uma ponta que encaixa bem o bico dos beija flores e é muito visitada por eles!  Dá flor o ano todo e gosta de frio. Não precisa muitos cuidados. Gosta de solo rico em matéria organica e nutrientes.

Abutilon_megapotamicum  wikipedia
Abutilon_megapotamicum wikipedia

O abutilon na foto abaixo foi plantando em um telhado verde e se comporta como uma planta pendente.

DSC09367
Abutilon megapotamicum – foto: Helena Schanzer

2.   Jasminum polyanthus- jasmim dos poetas 

As flores deste jasmim são lindas e perfumadas. Floração na primavera.

flores do jasmim
Floração perfumada espetacular foto: Helena Schanzer

3.  Jasmim azoricum – jasmim miúdo

O jasmim-miúdo pode ser cultivado na meia sombra, em local que pegue  3 horas de sol para que as flores se desenvolvam. As flores são perfumadas e florescem até 2 vezes por ano.

jasmine-719973_1280
Jasmim miúdo – foto: Pixabay

4.  Wisteria sinensis – glicinia

A flor da glicínia é linda, tem cores lilás e branco. O perfume exalado é muito suave e delicado. A trepadeira glicínia é caducifólia, ou seja, perde as folhas no outono. A folhagem tem coloração verde claro suave muito interessante. É uma planta com floração intensa que dura algumas semanas no início da primavera. A glicínia adora o clima frio.

flowers-1515872_1280
Glicínia – foto: Pixabay

5. Passiflora alata – Maracujá

A flor é linda e muito visitada por abelhas e zangões. O  fruto é o delicioso maracujá. Planta tropical de crescimento vigoroso a pleno sol.

 

Veja outras plantas perfumadas AQUI.

Lavandas são opções de plantas com perfume!

Porque estar no meio das plantas traz bem estar

Gerânio, cultive esta flor linda!

Suculentas são versáteis

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter