Arquivo da tag: sloow food

Jardinagem + Gastronomia + Terapia = Gastroterapia + qualidade de vida

A Gastroterapia é uma atividade de reconexão e reflexão, mais do que uma aula de jardinagem ou culinária. Para saber sobre este tema tão interessante e atual, conversei com a terapeuta Michele Valent que mora em Teutonia e lá desenvolveu a “Gastroterapia”. Michele Valent é ativista do movimento Slow Food, médica psiquiatra, com mestrado em psicopatologia do trabalhador e cozinheira profissional formada pelo Italian Culinary Institute for Foreigners – ICIF/UCS.

Gastroterapia
Gastroterapia por Michele Valent

O que é esta união da gastronomia com a terapia?

Michele: É um exercício de educação emocional através da jardinagem e da culinária. Com um tema diferente a cada encontro, os participantes elaboram e degustam uma refeição completa – da entrada à sobremesa, da horta ao prato.
Uso a gastronomia como veículo para trabalhar e para responder algumas das demandas mais prementes do homem contemporâneo. Começo com o plantar, o cultivar e o colher, e o espaço da agricultura na vida urbana. Tento resgatar essa possibilidade, reavivar o laço com uma origem rural não muito distante, que sobrevive na memória afetiva e na vontade. Lanço a provocação e convido as pessoas a investigarem os arquivos vivos de suas culturas, as pessoas mais velhas, os camponeses conhecidos.  Observamos que muitas pessoas não percebem de onde vêm os alimentos que comem e não dão a importancia devida a alimentação. E tem várias pessoas que são muito informadas quanto à alimentação e vem para saber mais.

Colhendo os ingredientes que serão cozinhados  Foto: Michele Valent
Colhendo os ingredientes que serão cozinhados Foto: Michele Valent
Almoço servido com o que o grupo colheu na horta e  cozinhou   Foto: Michele Valent
Almoço servido com o que o grupo colheu na horta e cozinhou Foto: Michele Valent

Como estabeleces estas conexões?

A produção do alimento ressignifica o trabalho, porque refaz o link direto entre trabalhar e comer, recorda à pessoa o motivo de levantar todos os dias e tolerar tantas frustrações. E por aí, vai. No cultivo e na cozinha, trabalho a prática da atenção plena, do estar no momento presente como antídoto contra a ansiedade moderna. Trabalho a tolerância, a paciência, o zelo e outras tantas virtudes esquecidas em nossa cultura da pressa e do descartável. Trabalho a comensalidade, o ser anfitrião e matriarca/patriarca – o agregar a família ao redor do fogo do lar ou da mesa, sem exclusões.

12419222_999222293454744_4527150144419373317_o
Grupo animado colheu, cozinhou e comeu vegetais direto da horta Foto: Michele Valent
Comer juntos após colher e cozinhar é um enorme prazer  Foto: Michele Valent
Comer juntos após colher e cozinhar é um enorme prazer Foto: Michele Valent
Enfeitando com flroes comestíveis
Enfeitando com flores comestíveis: amor perfeito

Como funcionam os encontros de gastroterapia?

É difícil, depois de uma certa idade, formar novos amigos – e comer juntos, preparar uma refeição – facilita esse movimento. Pessoas de formações muito diferentes, vindas de diferentes pontos, se reúnem para lembrar, para trocar e para conviver. Após o encontro, quando retornam para suas casas, trazem de volta à mesa os familiares sugados pelas telas dos eletroeletrônicos. Enfim, são outros valores: contra o consumo, micropolítica na escolha do que se come, na valorização do pequeno produtor, a gastronomia como ato artístico, cultural, nutricional, químico e agrário.

gastroterapia
Cozinhando juntos Foto: Michele Valent
Venha trocar todos os livros de dieta por alguns princípios simples
Venha trocar todos os livros de dieta por alguns princípios simples Foto: Michele Valent
regras para aumentar sua inteligencia gastronomica
Regras para aumentar sua inteligencia gastronômica Foto: Michele Valent
o cantinho das apiáceas   salsas, aipo, endro e coentro
Na horta, o cantinho das apiáceas como  salsas, aipo, endro e coentro Foto: Michele Valent

Quer saber mais informações , olha o link   https://www.facebook.com/notes/gastroterapia/perguntas-mais-frequentes-sobre-a-gastroterapia/937312929645681

Siga o Blog Jardim de Helena nas redes sociais:

Facebook / Instagram / Twitter